quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Deixe ir....

17:11:00 0 Comments

Deixe ir! Eu não estou dizendo pra você desistir, abrir mão, ou ignorar o que esta sentindo, eu estou apenas tentanto te  dizer para deixar livre quem não quer ficar. Para deixar com que o outro faça a sua escolha, com que ele decida o seu caminho e as suas vontades sem que você o impeça. Não o obrigue a ficar por favor,  para que  amanhã ele(a) não venha jogar na sua cara que só se manteve do seu lado por insistência e chantagem emocional, não por amor. 

Deixe ir mesmo que o seu coração fique apertadinho, mesmo que o sofrimento seja intenso, mesmo que pareça que tudo que vocês viveram até hoje não tenha tido significado algum. Deixe ir quem já não esta presente na sua vida faz tempo, e só o mantenha em você pela oração. Quando você sai da frente e solta, Deus assume a situação pra você e começa a trabalhar nela de maneira grandiosa, a começar pela cura do seu coração, e pelas tantas coisas que você já passou que ninguém sabe. Ele começa a te fazer se olhar  com mais respeito mesmo que tudo esteja bagunçado dentro da sua alma, e a se importar mais com os seus sentimentos. 

Ele te revela de um jeito inexplicável o tremendo valor que você tem. Sabe porque muitas pessoas passam por aquele processo de auto depreciação? Porque ao invés de se resgatarem da covardia do outro, e tentarem pelo menos dar um passo a frente sem carregar culpa, se maltratam pelo apego, pela dependência, pelo medo de não conseguirem recomeçar. Quanto mais você mendiga sentimentos menos você significa. Quanto mais você implora para que o outro não te deixe, menos você se reconhece. Deixar ir é um ato de coragem, doído, mas uma forma de dizer ao outro que a escolha é dele, e que é ele que esta construindo o seu próprio caminho, e sabotando a sua própria história. Não estou dizendo que deixar a porta aberta é fácil, mas entre aprisionar e soltar, escolha deixar Deus agir no seu lugar.

Cecilia Sfalsin

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Ninguém ama sem se amar.

14:11:00 0 Comments

Ninguém ama sem se amar. E é sobre isso que eu quero falar com você.  Estar bem consigo mesmo, entender suas limitações e valores, saber o quanto você é importante pra Deus e para todos aqueles que realmente te aceitam como você é, são condutas primordiais para se ter uma vida saudável e um relacionamento saudável também. 

Quando você se perde de você mesmo, quando você começa a estacionar os seus sentimentos, a sua vida, as suas vontades, e a sua felicidade em cima de outra pessoa, você cria um vinculo com a frustração, e todas as vezes que te decepcionarem os seus  pensamentos serão de derrota, tipo: eu sou culpada(o) das minhas imperfeições, eu não sou importante, eu não tenho forças, eu estrago tudo,  eu não consigo me reerguer, eu não vivo sem ele(a), eu não confio em mais ninguém, e com isso o seu amor próprio e o seu automerecimento adormecem na dor do descaso próprio. 

Uma amiga me disse certa vez que estava desanimada com a vida, e que o seu relacionamento  estava indo de mal a pior devido ao seu ciume incontrolável gerado pela incompreensão do seu esposo que muitas vezes a fez se sentir a pior pessoa do mundo por lhe apontar seus inúmeros defeitos. Nessa conversa muito necessária eu disse a ela aquela conhecida frase de todos nós: ninguém pode dar aquilo que não tem, e que quando temos certeza do quanto somos interessantes nada que vem contra nos abala ou nos anula.

Quando você aprende que o valor do outro não é superior ao seu próprio valor, você se supera. Quando você se reconhece diante da vida, e começa a se cuidar mais, deixando de lado tudo que te fere ou diminui a sua vida melhora, e a sua autoestima também. Você precisa se cuidar. Dentro de um relacionamento ambos se precisam, e essa é a razão pelo qual você precisa se impor diante de você mesmo e acreditar que se ele(a) te faz falta, você também faz pra ele(a), e respeito é troca. Afetos e atenção também. Ninguém é pouco ou muito pra ninguém. Somos a medida certa no coração de quem nos quer bem, e isso, ninguém pode mudar. Se ame, se dê valor, se olhe com mais maturidade, e se dê o devido respeito. Você se precisa.

Cecilia Sfalsin

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Um dia você vai entender muita coisa em sua vida...

16:10:00 0 Comments

Um dia você vai entender muita  coisa em sua vida.  Não se desespere, nem permita que a dor te enfraqueça na fé. Continue acreditando. Continue sendo quem você é mesmo que os seus dias estejam penosos e as lutas difíceis de suportar. Um dia você vai entender sim,o porque que aquela amizade se distanciou, o porque  que aquela pessoa não esteve do seu lado quando você mais precisou, o porque dessa afronta diária que insiste em te diminuir e te fazer ser quem você não é, o porque das palavras duras que te disseram covardemente, ou o porque desse mar revolto que surgiu tão repentinamente a ponto de te arrancar toda segurança que você tinha. 

Um dia você vai compreender o porque Deus te protegeu tanto de certas situações, e o porque Ele te poupou de tantas outras.  Um dia você vai olhar para o seu presente em lágrimas,  e agradecer muito ao Senhor por ter te honrado, por ter te abraçado, por ter te justificado quando muitos te apontaram o dedo, por você estar exatamente aonde você nunca imaginou estar. Um dia, quando você menos esperar vai aparecer um telão enorme te convidando a assistir cada luta que você enfrentou sozinha. Cada choro embargado na garganta pra não ter que ser motivo de preocupação, vergonha ou chacota pra ninguém,  e cada sofrimento disfarçado de um "estou bem". Um dia, o filme da sua vida vai te lembrar que você se superou. 

Que tudo de ruim que lhe aconteceu se transformou em crescimento, e que cada batalha que você travou agregou nos seus projetos futuros, e te deu uma nova oportunidade de mudança. Você vai entender sim, que o tempo todo tinha anjos com você, e vai compartilhar com muitos que não torceram, não acreditaram, que te humilharam, que te abandonaram, ou simplesmente ficaram por cima do muro sem entender absolutamente nada, o caminho que te levou a vencer. Esse um dia vai chegar, e eu só peço a você paciência e fé. Esse um dia vai bater em sua porta e fazer com que a sua alma vibre pelo tanto que a dor te fez crescer, e pelo tamanho do amor que Deus tem por você.

Cecilia Sfalsin

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Sobre amor não correspondido...

21:22:00 0 Comments


Me perguntaram a tempos atrás se vale a pena lutar por um amor que não corresponde ao da gente. Se vale a pena insistir em alguém que não nos olha da mesma maneira que o olhamos. Que não sente o mesmo que sentimos, que não retribui o que doamos, E A MINHA RESPOSTA FOI A SEGUINTE: Lutar por amor é válido, mas lutar por um coração que faz questão de nos manter distante dele é sofrimento. Já vivi um amor não correspondido e isso me trouxe vários danos emocionais, porque a princípio você corre atrás e vive por aquela pessoa. 

Você faz de tudo pra ser notada. Você faz de tudo para agrada-la, você se envolve sozinha em uma relação vazia e sem retorno. É assim que funciona. E cada vez que aquele ser te ignora, te deixa de lado, não te enxerga da maneira como você espera, sem perceber ele tira um pouco da sua força, da sua essência e até da sua personalidade. Você deixa de ser quem você é, pra tentar ser alguém que ele deseja ter por perto. 

Você começa a viver a vida dele e não a sua e isso te furta além da  liberdade, a sua alegria, os seus sonhos, o seu tempo e o seu amor próprio. Ninguém ama sozinho e quando você se sujeita a passar uma vida batalhando para conquistar uma pessoa que não demonstra interesse algum pelos seus sentimentos, o seu coração fica desprotegido, e aos poucos enfraquecido e sem motivação, te fazendo se auto depreciar por não preencher os requisitos básicos daquele alguém. Eu acredito muito em pessoa certa e em tempo certo de Deus, e aposto demais na perfeita vontade dEle pra tudo na vida da gente. 

Quando descobrimos a importância que temos, deixamos de querer ser importante para os outros, e nos olhamos com mais valor e respeito não permitindo que sentimentos não correspondidos nos roube a alegria de ser quem somos. Lute por um amor bonito sim, mas jamais se abandone pra migalhar a atenção e o amor de ninguém. Se não é reciproco, também não é bonito. Se cuida, no coração de Deus tem um alguém sendo preparado para cuidar do seu coração como ele merece ser cuidado.

Cecilia Sfalsin

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

E sobre re(começo)...Disso eu entendo bem.

09:56:00 0 Comments

Tudo que termina na vida da  gente inesperadamente, tudo que nos é tirado a força, tudo que é destruído em nós por descuido  ou falta de percepção nossa, tudo que nos leva a viver um luto covarde e doído nos abala, nos constrange, nos machuca e nos tira o chão.

Sabe porque recomeçar é tão difícil? Porque antes de vencermos a situação que nos levou ao fracasso, ao sofrimento e a desesperança, antes de decidirmos dar a volta por cima, antes de nos apoiarmos no chão que deitamos pra ficarmos de pé novamente, temos que nos vencer primeiro, temos que aprender a olhar pra frente, temos que vencer a vergonha, o medo, a humilhação, temos que tirar de cima da gente os escombros do teto que caiu em nossa cabeça, temos que ter além de força, fé e coragem, senão a gente não consegue. 

Eu vivi isso. Eu passei uma fase em minha vida cercada de muitos "amigos", e sempre solidária a todos. Bancava o cafezinho na esquina, mão aberta sabe, gente boa, até que a dificuldade bateu em minha porta e infelizmente eu não pude contar com todos. 

Vejo muitos clichês por ai, de nova história, nova vida, recomeços, principalmente em finais de ano, e gente, não é tão fácil assim. Vejo muitas pessoas por ai assumindo responsabilidades em status de redes sociais que estão super bem  como se fossem obrigados a justificar a sua vida quando na verdade não estão conseguindo reagir diante de suas dores, inquietações e decepções.

Deixa eu te dizer uma coisa: a gente consegue viu, leva tempo, mas a gente consegue porque acima de tudo e todos esta Deus, e Ele é o único que não nos abandona, mesmo sabendo que somos tão falhos. Hoje, eu posso te afirmar que nada é em vão no Senhor, e que muitas vezes Ele usa as circunstâncias para nos ensinar que é dEle que a gente depende, e que a nossa felicidade, o nosso crescimento, a nossa volta por cima não esta condicionada as tragédias que vivemos, mas ao que decidimos ser, fazer e sentir após elas. Esse sim, é o nosso mais triunfal recomeço. Ainda estou nesse processo.

Cecilia Sfalsin

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Tenha Paciência! Deus mudará a sua sorte como mudou a de Jó.

22:28:00 0 Comments

Quando eu leio sobre Jó, e o quanto o diabo queria tocar nele a ponto de pedir permissão a Deus pra isso, eu fico imaginando o quanto ele era especial, e o quanto Deus confiava na sua fidelidade. Ele era um homem reto, integro, temente e que se desviava do mal. Ele tinha valores que o dinheiro não comprava, ele tinha família, saúde, estrutura financeira, e isso incomodou até o inferno. O diabo queria testar a fé dele lhe tirando tudo que tinha. Primeiro tocou em suas finanças, não satisfeito em ver que Jó permanecia de pé tocou no seu tesouro mais precioso, seus filhos. Percebendo que diante de tamanha dor e perda ele continuava confiando em Deus, tocou em sua saúde, e observando que mesmo se coçando com cacos de telha ele se mantinha fiel, trabalhou no coração de sua esposa com amargura, a ponto dela pedir a ele que amaldiçoasse a Deus e pedisse a morte. Ou seja, jó ficou sem nada, na miséria, sem saúde, e sem poder contar com ninguém. Mas mesmo diante de tanto sofrimento, ele permaneceu fiel e não perdeu a fé. E, O Senhor abençoou o final da vida de Jó mais do que o início.() Jó 42:12. Refez a vida dele, lhe deu uma nova família, restaurou a sua saúde, e o prosperou dobrado. Mas entre as perdas e o recomeço ele enfrentou a dor, a humilhação, a zombaria de alguns talvez, e o abandono. Ele passou por tempos difíceis, mas não culpou a Deus por nada, pelo contrário, apenas o adorou. Hoje pode ser você que esta sendo provada, que esta passando por perdas irreparáveis, que esta se escorando na fé pra ficar de pé. Hoje pode ser você que incomodou o inferno a ponto de pessoas que você confiava se levantarem contra você, ao ponto de ver suas contas vencendo e não ter como pagar, ao ponto de ver sua família sendo desfeita e não saber o que fazer diante dessa situação. Jó orou a Deus, e ergueu a sua voz, ele não desistiu porque sabia que o Senhor agiria. Ele não permitiu que as circunstâncias lhe tirassem a esperança. Não é fácil esperar, eu sei disso, caminho pode estar pesado, difícil, doído, humilhante, mas o final esta chegando, e será mais abençoado do que o início de tudo que você já teve O Senhor mudará a sua sorte como mudou a de Jó, e transformará a sua vergonha em honra. Tenha a paciência de Jó, a mesma que o fez dar a volta por cima, a mesma que o fez abraçar a dupla honra do Senhor.

Cecilia Sfalsin..                                                                                                                            

POSTAGENS RECENTES

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.