quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Status...Em um Relacionamento Sério com a vida, comigo e com Deus

14:21:00 4 Comments

Quanto ao meu status de relacionamento não se assustem, mudei para RELACIONAMENTO sério, e coloquei alguns coraçõezinhos na alma para que todos a minha volta compreendam que da minha vida cuido eu, e dos meus sentimentos também. 

Não me disponho mais a viver  esperando um oi, um telefonema, um ola, um elogio ou um muito obrigado de quem não assume compromissos, de quem não sabe o que é fazer valer a presença de gente importante, no caso eu, claro, que me valorizo mais do que tudo, e que me aceito todos os dias, nem me submeto mais a opiniões desenfreadas de quem não sabe nada sobre mim. 

Estou vivendo um romance comigo, a intimidade é grande, e a vida tem me mostrado o que vale a pena e o que não vale nem a pena, nem a minha preocupação, e isso tem me levado a novas ideias e a novas estradas também.

Ultimamente o sim e o não estão sendo contínuos em minhas respostas, e quanto ao que vão pensar realmente estou pouco me importando, uma vez que a voz de Deus e o que ele sabe a meu respeito tem sido minhas maiores motivações, clichê isso néh gente, mas uma verdade absoluta também. 

Quando a gente se da uma chance, quando a gente se coloca no centro da vontade do Senhor, quando a gente espera dEle o melhor e deixa pra lá tudo que não deu, parece que a nossa visão fica mais nítida, os nossos pensamentos mudam em relação a algumas pessoas e a algumas escolhas que até então achávamos que estavam nos fazendo bem. 

Se você puder fazer um minuto de silêncio por você, faça. Se você puder fechar os seus olhos e rever as tamanhas decisões erradas que já fez por querer demais o que não era pra ser, ou por pensar que na pressa tudo seria perfeito, feche. Se você puder se entender, se perdoar, se compreender, e aprender que ninguém pode te mudar ou fazer algo de bonito por você, a não ser você mesmo, então se permita e não espere nada de ninguém, nem amor nem valor. 

As pessoas sempre vão ter uma certa  impressão sobre você (boa ou ruim), o que você não deve de maneira alguma é se deixar levar pelo que elas insistem em criar, desenhar, imaginar ou espalhar a seu respeito. A arte é delas, mas a  realidade será sempre sua.

Cecilia Sfalsin

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

É preciso entender que o tempo é tão professor quanto a dor ...

18:20:00 4 Comments

Eu não tenho aquele lado amigável de ter que me mostrar bem para todos quando o meu mundo esta desabando por dentro, mas procuro manter a minha fé firme e o meu coração guardado de qualquer sentimento ruim que possa amargar a minha alma, e me fazer desacreditar em dias melhores. Eu tenho o meu momento, a minha particularidade e os meus silêncios para me encostar.

A tempos atrás eu disse que não sabia lidar com distanciamentos, com gente ruim, e que esses rompimentos que acontecem repentinamente na vida da gente,  afastando pessoas que realmente gostamos, sem motivos, eram muito doídos pra mim. Continuo pensando do mesmo jeito, mas com alguns acréscimos: 

"eu posso me superar quando a decisão de não me abater, é minha, quando a escolha de deixar pra lá e seguir em frente, é minha e quando a vontade de dar a volta por cima sem ficar pensando tanto no que poderia ter sido se eu tivesse feito diferente e passado por cima dos meus princípios e valores para agradar, é minha também."

Não, não podemos abrir mão de nós mesmos, nem nos diminuirmos por dentro só para satisfazer o capricho de outras pessoas. Me entendam, POR FAVOR: o amor ao próximo é uma ordem de Deus, mas amar o outro como amamos a nós mesmos, é uma ordem dEle também. 

Ninguém pode dar o que não tem, nem fazer promessas pelo que não é capaz de cumprir, e eu sou dessas que levo muito a sério o amor para me deixar ser tão negligente com ele. É por isso que o deixar ir é muito importante quando não se quer ficar, quando vira rotina, quando não há mais confiança, sentimento, quando não há mais cumplicidade, respeito, LEALDADE, e quando não há mais prazer na presença.

É preciso entender que o tempo é tão professor quanto a dor, e que se soubermos compreender a lei da espera, e a lição da paciência, nos tornaremos grandes profissionais na arte da superação. 

Eu confio tremendamente em Deus, e eu sei que as vezes é necessário o desconstruir para que Ele venha reconstruir o que a gente, por cansaço ou por amar tanto talvez, optou por deixar pra lá. 

Não há vento nem situações adversas que leve pra longe o que o Senhor já determinou pra  vida da gente, digo e repito isso sempre, a não ser os nosso medos e a nossa desesperança.

Cecilia Sfalsin

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Esperar em Deus é uma escolha e também uma decisão de vida...

13:38:00 1 Comments

O que é pra ser e acontecer na vida da gente Deus trata de cuidar. O tempo é dEle e não nosso e a espera por mais difícil que seja, precisa ser aceita para que a perfeição de tudo que o nosso coração deseja tome o seu lugar. 

Enquanto isso, plante as suas boas sementes e trate de rega-las sem preocupações, deixe com que as coisas se ajeitem exatamente como devem ser, nem antes ou depois, mas na hora certa, devida e sem atropelar a sua fé ou matar a sua esperança. Se tentarem cercar o seu caminho não brigue, passe pelo outro lado, a força daquele  que persevera é muito grande e as possibilidades de vitórias e conquistas são inexplicáveis.

No fim das contas, quem vai colher o melhor sempre serão aqueles que não perderam o foco, que não tiveram medo da chuva, nem se estressaram com o calor do sol. Se continue...

Cecilia Sfalsin

Se ame, se cuide, perdoe e se perdoe....

13:11:00 4 Comments

Eu ja juntei meus cacos muitas vezes de cabeça baixa e  os olhos lacrimejando sentindo a minha volta o deboche da alguns, mas isso não me fez pior, não me diminuiu, não me fez parar. 

A princípio me senti humilhada pela mentira pelo descaso, pelas indiferenças, pelas traições, mas aos poucos eu fui me levantando, fui aprendendo a erguer a cabeça devagar, a me levantar com leveza e silenciosamente, a engolir o choro e a seguir em frente sem carregar comigo nenhum ressentimento.

Algumas pessoas tem uma certa facilidade em nos ferir não por que são ruins, mas por possuirem os nossos sentimentos, por  nos conhecerem bem, por saberem exatamente o que nos tira o chão e o que faz doer o nosso coração, há pessoas que realmente tiveram muito de nós em suas mãos, mas pouco souberam nos valorizar ou nunca se permitiram nos amar verdadeiramente. 

Se eu puder te dar um conselho pelo que ja vivi e ainda vivo: nunca se entregue demais a alguém, digo em sentimentos, em confidências, em presença, em afetos, nunca se dê tão por inteiro como vejo muitos clichês por ai, nunca se deixe tão vazio(a) de si, porque a gente nunca sabe como será no outro dia nem o que se passa no interior dos outros.

Certas pessoas são inconstantes, nem sempre se dispõe a dar o seu tudo pela gente e se fraquejarem amanhã seja la pelo que for ou se depararem com um outro alguém que lhe ofereça mais do que ja lhe oferecemos, vão nos abandonar, vão nos deixar de lado mendigando aquilo que tinhamos por nós e que por confiarmos  demais entregamos totalmente a quem não merecia, "o amor"..

Cecilia Sfalsin

Ao invés de aprender a fazer falta, aprenda a se dar valor.

12:38:00 0 Comments


Talvez um dia ele se encontre em algum verso antigo meu e entenda que ele foi o único a ter o privilégio dos meus pensamentos escritos. Talvez ele não consiga assimilar tanta coisa ou pense que criei uma confusão absurda entre ser amor e amigo. Talvez um dia a gente se esbarre, e ele consiga entender o quanto me doeu optar por despedir-me silenciosamente. Talvez um dia ele acorde e perceba o que perdeu em mim.

Mas pouco me importa o que ele pense ou deixe de pensar. O que me importa nesse exato momento é que: o tempo passou, cresci, recomecei, construí uma nova história e por mais que ele tenha me entristecido, ele foi o ponto chave, a peça principal no meu quebra cabeça, o jeito mais perfeito e talvez o grande motivo das minhas descobertas interiores, e da minha grande vontade em avançar e escrever sobre valores, princípios, amores desfeitos, dores e recomeços. 

Deus tem la sua maneira de nos usar, e eu tenho certeza absoluta que nada é em vão quando o que temos nas mãos além de uma fé bonita e uma coragem tremenda de avançar, um pequeno grande coração que optou por esperar nEle e que aprendeu a se garantir na importância que tem e não naquilo que não recebe afetivamente falando.

Quem ama não trai o outro, mas trai a si mesmo muitas vezes quando se deixa levar mais pelo que sente do que pela realidade que vive, quando não dá créditos aos seus vazios e  indagações. Quando finge que as ausências e os descasos não dói, quando aceita uma situação de indiferença e desrespeito por medo de perder, quando já não olha mais para si mesmo e se deixa anular por um namoro movido de cobranças e obrigações.

Não é bonito alimentar dentro da gente um amor que não constrói, nem é legal pensarmos que temos que ficar insistindo para que alguém perceba o quanto o queremos se ele não faz questão nem de saber como estamos ou do que precisamos. Coisa que muitas vezes fizemos por este alguém.

Há quem diga que quem ama vai a luta! Em partes sim, maspare com essa besteira de achar que você tem que se matar para ter o amor de alguém, porque quem ama de verdade antes de ir a luta se protege para não correr o risco de se machucar tanto. Quem ama de verdade coloca diante de Deus os seus sonhos, a sua necessidade, o seu coração e confesso a você que nem sempre pensamos nisso, e quebramos a cara por descuido, e não por falta de aviso.

Nessas experiências doídas que tive, eu APRENDI a não correr atras de quem não da um passo por mim, e que:  ao invés de querer aprender a fazer a falta o que a gente precisa é aprender a se dar valor, o que a gente precisa mesmo é aprender a não mendigar,  o que a gente precisa urgentemente é de um alguém que nos conheça alma adentro, que nos respeite, e que saiba exatamente que precisamos tanto dele quanto ele precisa da gente. Amor reciproco, atitudes reciprocas, vontades reciprocas também.

Cecilia Sfalsin

POSTAGENS RECENTES

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.