quarta-feira, 27 de maio de 2015

Sou mais "eu"

16:12:00 0 Comments


Já passei da idade o conformismo , hoje minha forma de pensar é totalmente diferente de anos atrás, cresci , amadureci , me tornei uma mulher mais interessante em certas áreas, e menos atenta a tantas cobranças do coração. 

Antigamente se alguém me rejeitasse , me traísse , me desse um chute de chega pra la  eu passava dias chorando, me perguntando o que havia de errado em mim , o que todas tinham que eu não tinha, hoje eu apenas dou meia volta e provo que sou mais "eu" de um jeito simples e honesto comigo mesmo. 

Ganhei meu espaço, não no mundo, mas dentro de mim, resgatei meus valores valores ,  comecei a me olhar de um jeito diferente, e acreditem, descobri coisas interessantes em mim que o pessimismo não me permitia enxergar. Me aceito , me amo e me quero, esta é a minha receita de todos os dias, e quando eu aprendi que eu podia determinar isto , me senti mais forte com os meus sentimentos , me senti mais corajosa , me senti mais "eu" . 

A gente as vezes precisa se revoltar com certas atitudes nossa ,  com certos pensamentos mesquinhos , e darmos a volta por cima não de quem nos machuca , ou nos trata indiferente, mas por cima do que nos maltrata por dentro. Tem gente que deixou o seu amor próprio adormecer e ainda não percebeu que sem ele é impossível alguém viver, se continuar, se reerguer.

 Me desculpe aê, mas no mundo  em que vivemos as superficialidades existem , e se não aproveitarmos as nossas experiências para crescermos , nunca seremos vistas(os) , nunca seremos notadas (os) , nunca seremos respeitadas(os) e amadas (os).

 Quando alguém te rejeita , não é porque você é pior, ou que não tenha nada de interessante para oferecer , mas sim porque nem sempre o outro esta preparado para ter nas mãos algo de valor , e é ai que mora a nossa sensatez e a nossa certeza em podermos dizer sempre que o melhor de Deus pra nós sempre esta por vir, e o que é pra ser na vida da gente , nada em nem ninguém consegue impedir... é nisto que acredito , e é por isto que jamais deixo de prosseguir.

Cecilia Sfalsin

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Amor próprio também dói

12:03:00 1 Comments

Porque exige de nós o que outro não nos oferece. Ele aperta também , porque expulsa do nosso coração  todo pessimismo , toda infantilidade , toda humilhação que o outro planta em nós quando nos trai , nos abandona, nos rejeita e nos ignora.

Ele nos disciplina , porque nos ensina a ganhar tempo, e a não perde-lo perseguindo ou tentando sabotar, destruir , denegrir, impedir , ironizar a vida do outro porque ele não nos valorizou . O amor próprio nos faz crescer forçadamente , e a não nos sujeitarmos a tantas besteiras por um relacionamento que não valeu nem a sola do nosso pé. 

O que quero que  você entenda é que não vale a pena passar uma vida vigiando a do(a) "EX" ,  que não é proveitoso você desejar que ele(a) sofra , ou provocar situações constrangedoras na vida dele(a) porque ele(a) terminou com você , não é legal você perturbar a vida da pessoa que se encontra com ele(a) atualmente , porque a preferência foi dele(a) , na verdade não é interessante tanta humilhação por alguém que só te fez sofrer , te traindo e te decepcionando .

Este sentimento de vingança só machuca você , e isto só se cura quando você se rasga por dentro, chora, grita, mas decide de uma vez por todas a se cuidar , a sentir o seu próprio valor . 

Este amor próprio que te falo é como você calçar aquele sapato lindo , novo, que machuca no primeiro dia de uso, que dói, que aperta até a alma, mas cede com o tempo, e te  faz caminhar com segurança e com elegância também , sendo desnecessário escoras, nem tampouco paradas obrigatórias , porque o pé já fica calejado e acostumado com os apertos da vida , é como você carregar dentro de si todos os afetos e saber que amor verdadeiro , e que te faz recomeçar sempre , sem retroceder é só o de Deus por você....

Cecilia Sfalsin

A arte da conquista

11:54:00 0 Comments

A arte da conquista, esta eu também quero aprender... coisa complicada isto, ter que conquistar alguém que não esta nem ai pra gente não é verdade? ou que só nos vê como amiga(a) , e pior quando pronuncia isto o tempo todo , ai que a coisa fica feia pra gente . Mas pelo pouco que aprendi o caminho é bem parecido com a arte do "tudo eu posso" se em Deus estiver minha confiança, e isto é sério viu ? ... 

As vezes as pessoas se encabulam o porque coloco Deus em tudo, até pra conquistar alguém, mas é Ele que realiza sonhos, é Ele que faz milagres , é Ele que confirma o que é pra ser na vida da gente, e o nosso papel é nada mais , nada menos do que lutarmos e perseverarmos. 

Mas entenda, lutar de maneira justa e honesta com você  , sem deixar com  que o sentimento ou o  querer demais te sufoque e te prenda a um coração que não é pra ser

É bacana gostar, fazer de um tudo pra conquistar, ter aquele pensamento bom , investir para que tudo dê certo, tentar ser o pensamento de alguém, mas antes disto tudo precisamos nos encher de amor por nós, e jamais permitirmos  com que o outro se ache  o bambambam da nossa história e nos trate como opção , ou nos maltrate por se sentir seguro(a) do afeto que o oferecemos. 

Se depois de um tudo a pessoa não se importar , não fique na cola, não se humilhe, nem se arraste, ou dê um tempo , para que ele(a) tome um chá de esperteza e te enxergue , ou mude o caminho , mas jamais se perca por alguém que não se permite gostar de você também.

Cecilia Sfalsin

Esta ai , é so mais uma...

11:51:00 0 Comments

E quem nunca quebrou a cara, acreditou demais, se envolveu demais, se entregou demais , pensou que "desta vez é pra valer " , se fez de desentendida(o) mediante aos erros e defeitos do outro por pensar que aquela seria a sua grande chance de ser feliz. 

Quem nunca liberou o coração para decidir e trancou a razão por achar que ela falava demais , ahhh , fala sério , quem nunca vacilou no amor , não é verdade ? .

A gente tropeça sim, pela sensibilidade e pela ingenuidade do sentir a vezes , a gente escorrega nas expectativas que criamos, a gente cai por pensar que o outro é que precisa da gente, e é por isto que acreditamos tanto no que não existe e somos surpreendidos pela traição de quem a gente nunca pensou que um dia nos trairia , e confesso, como dói, como lateja a alma da gente quando isto acontece, como é horrível ter que pensar que a gente acreditou tanto que se machucou.

 Ei, isto não é culpa do amor não viu , e sim das nossas urgências, do não sabermos  esperar, do não querermos compreender o tempo, e da nossa tamanha negligência em acharmos que éramos  "super demais" em  um coração que nos doava tão pouco.

 Certas situações da uma balançada sim, na nossa auto estima, da uma baqueada nos nossos sentimentos, mas isto não quer dizer que devemos  nos  isolar ,  nos culpar e pensarmos que todos os corações são iguais, que ninguém nos ama, ninguém nos quer .

 A vida é um aprendizado diário em todos os sentidos , e feliz daquele que colhe as experiências a cada anoitecer de um dia vivido , mesmo que cinzentos e doídos ... Esta é só mais uma 

Cecilia Sfalsin

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Mãe é Mãe

11:29:00 2 Comments

Solteira , viúva, casada, divorciada, adotiva, ausente ou presente, MÃE É MÃE, não deixa de ser pelo rótulo social , nem porque já partiu . Não existe dia específico para valores e afetos, não tem mês especial para que ela se torne especial, mãe em qualquer circunstância, a qualquer dia ou hora deve ser lembrada, amada, respeitada, e valorizada por quem ela  chama de filho(a).

 Conheço uma senhora de 80 anos que sempre diz , mãe é para cem filhos , mas cem filhos não é para uma mãe, e a realidade doída que vemos hoje  é o abandono,  é o desrespeito , é o filho(a) achar que já tem idade para fazer o que quiser, que já pode sair batendo portas na cara de quem um dia tinha o maior cuidado para que a porta não batesse na cara de seu filho. 

Hoje é muito fácil fazer bonito em redes sociais, é muito lindo reunir todos na casa da mamãe,  é muito edificante presentear, abraçar, dizer que ama em um segundo domingo de maio qualquer , o difícil é ser filho(a) o suficiente para reconhecer o tamanho valor que ela tem . 

Muitas hoje em dia esperam de seus filhos apenas um abraço , uma presença, um afago, uma proteção, um carinho , um aconchego de filho , e a obediência , muitas na verdade querem apenas  ser ouvidas , compreendidas sem tantos questionamentos,  muitas querem que você que já cresceu, que já se acha dono(a) de si tire um tempo pra ela , e a considere acima de tudo como um alguém importante na sua vida , ocupando um lugar único , que só Deus é capaz de ocupar... 

 Amor de mãe é parecido com o de Deus , incondicional, e mesmo que todos nos abandonem um dia, ela jamais nos deixa, mesmo que esteja ausente... Mãe é sempre Mãe... Valorize a Sua... não por um dia, mas a vida toda.

Cecilia Sfalsin

terça-feira, 5 de maio de 2015

Não iluda, se não tiver a intenção se cuidar...

10:29:00 0 Comments

Não se iluda se tiver a intenção de se cuidar .Hoje em dia  a linguagem é " tô só ficando" , mas na verdade ninguém fica com ninguém se não houver uma certa ligação . Sinto que as pessoas estão rápidas demais neste "tal ficar" , se entregando com muita facilidade, se envolvendo com corações incertos e quebrando a cara com suas próprias negligências

Amor próprio exige da gente maturidade, cuidado e compromisso  não só com o outro, com a gente também ; nossos valores tem que ser a porta de entrada dos sentimentos , e o querer estar junto com alguém que se comprometa realmente a nos cuidar e a nos amar tem que ser o nosso maior desejo.

 Não basta uma noite, um encontro, um momento ,  porque o coração da gente é traiçoeiro as vezes, e costuma nos laçar ao que a gente não espera. Se ame , se cuide, se valorize, se goste, se responsabilize com você , mas não se iluda, não se deixe levar por aquilo que você desconhece, ame seu corpo, ame seu sorriso, e não viole seus sentimentos .

 Tem muita gente nesta vida sofrendo e achando que esta amando ou sendo usada, manipulada , enganada e achando que esta sendo amada. 

Cecilia Sfalsin

O que você tem a ver com a vida do outro?

05:57:00 1 Comments

Coisa feia é gente "mexeriqueira" , que fica de esquina em esquina aguardando o tropeço alheio, que passa o dia desenhando , imaginando, arquitetando o mal, que não tem o que fazer , que não para um minuto sequer para se olhar no espelho e ver que esta com a vida toda bagunçada . 

Há pessoas que borbulham o fracasso alheio, e na maioria das vezes andam com sorrisinhos falsos no canto da boca , se faz de amigo e ainda tem a audácia de dizer "tamo junto" . Aqui se faz, aqui se paga, este é o velho ditado que circula de geração a geração, quem planta o mal colhe amargura, quem planta falsidade colhe solidão , quem planta feridas colhe dor na própria alma .

 Cada um cuidando do que é seu e Deus se responsabilizando  por  todos , se não pode ajudar não atrapalha,  se não consegue ser feliz pelo que é ou pelo que tem , não sabote a alegria de ninguém. Nesta vida que eu e você estamos há muito que se viver , o espaço é imenso, e há tantas coisas pra conquistarmos que é uma pura perda de tempo se ocupar com a vida alheia.

 Dê o seu melhor, ninguém perde por ser do bem, por espalhar amor, por  ser paz na vida de alguém. 

Cecilia Sfalsin

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Lixo debaixo do tapete faz mal

07:53:00 0 Comments

Não jogo lixo pra debaixo do tapete porque não sei viver no meio de entulhos, não consigo ficar em ambientes poluidos e nem me adapto a lugares apertados, que não me dão espaço para respirar, sentir , florescer.

 Tem muita gente fazendo faxina todos os dias , mas o lixo não passa da porta , não se permitem viver o novo, não se desapegam do que esta dentro ,  do que esta fazendo mal, do que esta causando dor e desassossego . Tem muita gente vivendo de passado,  guardando o que precisa ser jogado fora, tentando reciclar o que ja não presta mais. 

Não tem como as coisas boas acontecer onde não há espaço para que elas se acomodem , não tem como Deus fazer uma mudança em sua vida se você não se desapegar deste sentimento de abandono, ódio, rancor, mágoa , inferioridade , não tem como os recomeços te alcançarem  se o seu coração travou as portas de entrada. Me desculpe a sinceridade , mas onde há lixos , entulhos,  não há oportunidades. 

Não adianta você passar uma vida se culpando, se remoendo por dentro, se auto destruindo por um amor que não deu, por um sonho que não aconteceu, por uma conquista que foi adiada , por um alguém que impiedosamente te traiu ou decepcionou.. 

A vida precisa ser vivida, e o lema é  , se perdoar e perdoar quem te causou danos , se permitir, mesmo que ainda esteja doendo, acreditar mesmo que nada esteja vendo e ter fé, mesmo que esteja tão difícil de se continuar... Isto é liberta(dor)...

Cecilia Sfalsin

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Mudanças precisas...

19:59:00 0 Comments

Há tempos atras decidi mudar muita coisa em minha vida ,  e uma destas  mudanças foi  o meu comportamento em relação a muita gente , a minha forma de tratar, o meu jeito de falar , e ate minha maneira de sorrir , decidi não me ocupar tanto com a maldade alheia , e a levar mais a  sério os meus sonhos, os meus objetivos, os meus planos , porque Deus nos permite a isto, Ele nos deixa sonhar , Ele nos deixa  traçar planos , e se for pela vontade d'Ele , tudo se concretiza, tudo se realiza.

 Me afastei do que me fazia mal , ignorei o que me fazia recuar em minhas decisões , me distanciei de amizades interesseiras e sufocantes  , rejeitei certos elogios irônicos de gente que nem sequer torcia por mim , e segui em frente acreditando que Deus era comigo em qualquer circunstância. 

Há certas situações que nos acontecem as vezes , que realmente nos tira o chão, mas nem tudo é pra nos derrubar, nem tudo é pra nos anular ou destruir , há coisas também que é pra nos mudar, nos fazer crescer , nos ensinar a olhar a vida de um jeito mais amplo, mais aberto, com mais maturidade ,  a não esperar tanto do outro nem tampouco responsabilizá-lo pela nossa felicidade , e é ai que entra aquela frase surrada que todo mundo diz, "se não consegue mudar o mundo , então mude você " , e a conclusão que chego é que as pessoas não mudam pela gente, nem todas reconhecem seus erros, suas imperfeições e eu não sou aquela que vai faze-la pensar diferente, mas eu posso ser diferente  neste mundo que nem todos sabem o que é amar, valorizar e respeitar o espaço, a vida, e o coração da gente.

Cecilia Sfalsin

Cuida do que é seu

09:32:00 0 Comments


E este cuidar tem que começar de dentro pra fora . Há relacionamentos que estão vivendo de cobranças, de obrigações, de pressão pelo que não fez, pelo que não falou, pela justificativa que não deu , pela noite que não ligou , e um amontoado de coisas bobas quando na verdade o que precisa é de um sentar do lado , um afago, uma atenção, um carinho ou uma simples preocupação  do tipo " como esta o seu coração" .

 Um se perde do outro quando não há espaço para os afetos , quando a alma não tem liberdade para se doar, quando o que o outro deixa de fazer se torna mais importante do que o que ele esta sentindo . "Na boa" , é cansativo isto , é chato , é desajeitado , e não é prazeroso estar do lado de gente que não compreende, que não cuida, que não da tempo pra respirar , que não respeita , que não entende .

 Quando cuidamos de uma maneira sábia, quando nos importamos com o coração do outro , quando o tratamos como deveria , sem amordaçar o sentimento , fazemos com que a nossa falta seja sentida e a nossa presença seja sempre a mais agradável , a mais propícia, a mais desejada daquele que nos dedica amor . Gente pegajosa demais , e sem maturidade não há relacionamento que sobreviva.

Cecilia Sfalsin

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.