domingo, 24 de abril de 2016

Deixar ir, é a melhor opção...

14:16:00 3 Comments

Deixar ir, é a melhor opção, do que acorrentar os pés de quem não te prioriza em nada mais. Não falo isto só em relacionamentos amorosos(namoro) não. falo de amizades também, falo de pessoas que nos abandonam, mesmo estando do nosso lado, falo daqueles que já não nos tratam com o mesmo respeito, com o mesmo carinho, com a mesma dedicação de antes, falo de gente que nos coloca no final da fila, até que se refaçam em seus interesses próprios.

 Minhas desistências muitas vezes incluíram pessoas assim, que se achavam muito seguras dos meus sentimentos, até perceberem que eles também conheciam o caminho do fim. Não deixei de amá-las, mas deixei de priorizá-la, deixei de contar com elas, deixei de admirá-las, deixei de me preocupar tanto e passei a me cuidar mais, egoismo? não, apenas um jeitinho mais honesto de me reconhecer e me valorizar, sem me maltratar. 

A gente precisa estar bem, pra cuidar do coração de alguém, e quando estamos tristes pelo que não recebemos delas, o melhor é nos colocar em um canto chamado nosso e deixar Deus nos curar. Muitas pessoas desconhecem o que é amar, e por este motivo ignoram quem esta por perto, e não imaginam o quanto estão ferindo o outro silenciosamente. 

Dizem que só depois que se perde é que se da valor, e as vezes é a gente que se perde neste tal gostar, até descobrirmos através da rejeição alheia, que não nos dávamos valor algum. Então deixe ir, o que é pra ser, fica, tem endereço certo, e quem te gosta mesmo, vem ao seu encontro, te procura, te acha,  e não se vai, mesmo se você permitir. Quem te gosta, não quer te perder. 

Cecilia Sfalsin

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Se você se ama, então se proteja....

08:56:00 5 Comments

Não, eu não virei o disco, eu não mudei a música, eu não o arranquei do meu coração, eu não sangrei a alma, nada disto, eu apenas passei a não me importar, a não querer saber, a não ficar no pé, a não dizer oi, a não procurar. 

Não sei se tomei a decisão certa, mas é a que  me fez bem no momento, é a que  me deu certas certezas de que eu precisava me cuidar, de que eu precisava ficar na minha, pra ver se o lance era sério, se os sentimentos eram realmente sinceros, e se a minha falta era sentida.

 O problema não é o amor, o problema é a forma como lidamos com ele, é como se nos doássemos tanto a alguém ao ponto de nos perdermos de nós, e não encontrarmos mais aquele alivio no peito de sentir aquele tal amor próprio. Há quem diga que se gostamos de alguém, temos que nos entregar por inteiro, discordo, nem sempre é assim, nem sempre podemos mergulhar de cabeça em uma relação que não nos transmite segurança, que não nos protege, que não nos da o abrigo devido.Se você se ama, você se protege.

 Sei que muitos vão dizer, ahh, falar é fácil, a teoria é bacana, nas palavras tudo é lindo, e eu vou dizer sempre, aproveita para aprender, ao invés de falar demais e se auto desmerecer, se auto diminuir. O mal de muitos é não andar pra frente, e se colocar totalmente dependente de alguém que não cresceu, que não aprendeu a respeitar sentimentos, e que por negligência, brinca de gostar. 

Se não te procura é porque não esta nem ai pra você, se tira onda com a sua cara, se desliga o telefone, se sente melhor sem a sua presença, poxa, cai fora, e dê aquela volta por cima, difícil, mas super possível. Dia desses li um comentário em um dos meus textos que aplaudi de pé, onde uma leitora diz que quando decidiu virar o jogo, ficou linda, se cuidou, se valorizou, e hoje esta super feliz, e detalhe, com um grande amor, portanto, jeito tem, é só você se permitir a isto, 

Cecilia Sfalsin

domingo, 10 de abril de 2016

O tempo de Deus chega pra gente sim..Se aquiete, e confia.

17:28:00 1 Comments

É, eu sei bem o que é isto, chega a dar um nó na garganta quando a gente lembra daquele sonho que ainda não aconteceu, daquele amor que não deu, daquela amizade que a gente tanto cultivou e nos traiu, daquela porta que a gente bateu com tanta confiança, e que foi trancada do lado de dentro por quem não acreditou na gente.

Hoje eu sei bem o que é isto, e sei também destas esperas demoradas que a gente tem que passar, para que as coisas nos aconteçam com perfeição. Eu já me peguei muitas vezes questionando a Deus se é preciso tudo isto, pra gente alcançar o que o nosso coração deseja, e uma certa vez eu o ouvi silenciosamente em meu coração dizendo: "Filha, o sonho é seu, mas o tempo é meu, a vontade é minha, e o trabalhar em sua vida, esta em minhas mãos, SE AQUIETE, e confie em mim, eu estou te preparando".

Deste dia em diante repousei minha alma em suas palavras, e nEle eu descansei. Esperar não é fácil pra ninguém, mas é preciso, crer no impossível, é quase impossível pra nós, mas é necessário, e se nos faltar coragem em algum momento, a nossa fé terá que ser o nosso sustento.

 Não se preocupe não, não se desespere com nada, porque o que  é seu, o que é pra ser em sua vida, te encontra, te abraça, se achega em você. Quando Deus quer nos honrar, Ele usa pessoas que nem sequer imaginávamos, pra fazer valer a sua palavra e o seu cuidado em nossa vida, e coloca muita gente de boca aberta, pelo tanto que Ele nos abençoa, pelo tanto que Ele nos realiza. Ele é fiel...

Cecilia Sfalsin

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Liberte-se e continue-se....

06:26:00 0 Comments

A maior responsabilidade que devemos ter com a gente, é nunca deixarmos com que o outro nos tire o poder de decisão, é nunca permitirmos com que o outro nos impeça de ser quem somos, é nunca deixarmos com que matem a nossa fé em Deus e o nosso querer vencer. 

Quando algo não da certo pra gente, nem sempre é porque falhamos, nem sempre é por uma escolha errada que fizemos, e a nossa razão terá que estar acima de qualquer emoção, pra sabermos discernir o que realmente é pra ser na vida da gente.

Certas situações são necessárias sim, certas decepções também, não digo que precisamos viver em total estado de sofrimento para reconhecermos o que é melhor pra nós, mas precisamos de uma bagagem de experiências, para descobrirmos que há caminhos que parecem ser bons, mas o fim deles será sempre de dor, se não atentarmos para os livramentos que Deus nos dá, através daquilo que não deu. 

Talvez seja aquele namoro que você empurrava com a barriga, um dia estava tudo bem, outro dia era só briga, enganos, frustrações, sem contar com os que são feitos de elásticos, que vão e volta, vão e volta e não viram nada, só um poço de amargura, e um amontado de tristezas, e desconfianças vindas do fundo da alma, talvez seja aquela amizade que não te edificava em nada, oras estava sorrindo pra você, batendo em suas costas, te chamando de amiga(o), oras estava falando mal de você, espalhando suas confidências, fingindo ser quem não é, só pra sugar o seu sorriso e a sua paz, além de querer roubar sua identidade.

Quando eu digo que Deus sabe o que faz, é porque o cuidado dEle com cada um de nós é imenso, e o que chamamos de injustiça da vida por algumas perdas que temos, Ele chama de livramentos, coisa que só entederemos com o tempo, quando as coisas começarem a dar certo pra gente. Nem tudo, nem todos, que passaram pela nossa vida, merecem um capítulo na nossa história, até mesmo porque, só passaram. Liberte-se... e continue-se

Cecilia Sfalsin

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Perigos online.com

05:22:00 0 Comments

Para os bons entendedores do que é agradável e saudável, redes sociais não são mecanismos ruins, a internet não é um monstro disfarçado,  pelo contrário, nos oferece ferramentas surpreendentes, capaz de nos levar a outros países, a conhecermos novas pessoas, a reencontrarmos parentes e amigos que ha anos nem noticias tínhamos, a estarmos por dentro das atualidades, a divulgarmos o que temos de bom a oferecer, além de nos proporcionar uma facilidade tremenda, para uma série de necessidades nossas, que talvez levaríamos bastante tempo, se dependêssemos somente de correios, telefones, transportes e outros, enfim, nela não há nada de ruim.

 O que é mal, é o que vem do ser humano, de algumas pessoas que por terem uma vida totalmente frustrada, fogem da sua realidade, e se escondem atras de uma tela de computador, para realizarem seus desejos mais hipócritas e sem nexo algum. Este mundinho que muitos julgam ser terra de ninguém, virou terra de gente maliciosa, maldosa, sem vida própria, sem sonhos, sem coração, totalmente engavetada em um vidinha medíocre e cheia de planos maliciosos.

 Aqui, onde eu, você e um tanto de gente que leva sentimentos e respeito ao próximo a sério, se tornou um campo minado, onde alguns se encontram em total estado de decomposição da alma. É neste lugar que estes alguns difamam os outros, agridem, fazem comentários insanos, bobos, denigrem a imagem do alheio, são preconceituosos, racistas, juizes, mentirosos, destruidores de sonhos, invejosos,e acima de tudo, manipuladores, que muitas vezes com suas inverdades, enganam a muitos, assim como o diabo enganou um terço dos anjos. Então vai uma dica minha pra você, não se exponha tanto, isto não te livra de todo mal que vemos por aqui, mas já te alivia de algumas pertubações.

 Não seja influenciável, concordando com tudo e todos, aplaudindo atitudes de gente que não tem vida pra viver, e que saem espalhando o que não sabe, o que não viu, o que não sentiu. Trate os outros com respeito devido, ignore informações munidas de venenos, e viva a sua vida da melhor maneira possível, sem prejudicar ninguém. Isto faz bem pra gente, e nos torna mais humanos também.

Cecilia Sfalsin

domingo, 3 de abril de 2016

Primeira Semana de Abril

13:53:00 0 Comments

Muito mais que uma boa SEMANA, te desejo a benção de Deus em cada um dos seus dias,
e a proteção dEle em cada um dos seus passos. Desejo também que tudo te va bem, e que
nada demal te aconteça.Te desejo a paz do Senhor, e a prosperidade dEle em cada fruto de
suas mãos, hoje, amanhã e sempre.

Cecilia Sfalsin

sábado, 2 de abril de 2016

Livre-se do que te faz mal...

13:36:00 1 Comments

Sabe aquele momento em que a verdade esta batendo em sua cara, e por medo de aceitá-la você faz vistas grossas, faz de conta que não entendeu e finge que não esta doendo?!, pois bem, é isto que acontece com muita gente, quando precisam tomar certas  decisões, quando precisam sair daquele estado depressivo em que se encontram, quando precisam por um fim em certas situações que só lhe causam sofrimentos, quando precisam arrancar pessoas de sua vida, sim, eu falei pessoas, gente sem coração, que não quer mudar, que não quer te respeitar, que fazem chacotas com a sua a fé, por se acharem santo(as) e certo(as) demais, que não se importam com nada dentro de você. 

Estou falando destes namoros que vejo por ai, de fachada, todo mundo na sua  rede social sabe, esta la, bem claro, relacionamento sério, até comentam, "lindo casal, sejam felizes, mas só uma das partes agradece, porque a outra, não esta nem ai, estou falando destas amizades que só te levam para os caminhos incertos, oportunistas, que bancam de gente do bem, mas no fundo só te apunhalam pelas costas, só te fazem se desviar da vontade de Deus pra sua vida, só te arrancam a essência e te deixa agonizando valores. Junta tudo isto ai, reveja o que vale a pena carregar em sua vida, o que tem te agregado, o que tem te dado a chance de crescer, e o resto, joga fora, abandone, renuncie.

 Quanto mais rápido for a sua escolha em se cuidar, em ser feliz, em ser uma pessoa bem sucedida e abençoada, mais as portas se abrirão, e as coisas boas que tanto almeja o seu coração, logo te acontecerão. Vai por mim,.. e cuide-se..

Cecilia Sfalsin

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Das coisas necessárias da vida...

06:16:00 0 Comments

Alguns distanciamentos me doeram demais, algumas perdas me fizeram chorar, alguns desafetos me feriram, e alguns acontecimentos me fizeram crescer. Não sei dizer ao certo o porque de muitas coisas, mas posso te afirmar que aprendi a ter mais prudência com quem esta a minha volta, a caminhar devagar, a não falar tudo que penso indevidamente e a refletir em minhas atitudes sem culpar sempre o outro pelas coisas ruins que me aconteceram.

Assim como as pessoas nos decepcionam, nós as decepcionamos também, não somos perfeitos, e na maioria das vezes fazemos vistas grossas pra não termos que reconhecer que a falha foi nossa, que a ignorância foi nossa, que a meninice foi nossa também, e com isto afastamos de nós pessoas que nos foram muito queridas. Por outro lado há aqueles que não fazem ideia do quanto significavam pra gente, e por uma insatisfação, nos feriram impiedosamente, como se nunca tivessem nos conhecido, como se nunca tivessem nos sentido de maneira linda e sincera. 

A vida da gente é assim, esta inconstância de sentimentos, e com isto o amor, a fidelidade, o companheirismo, estão ficando escassos pela negligência de muitos em não se colocarem no lugar do outro quando necessário, em não se dispuserem a sentir o que outro esta sentindo, em não saberem resolver uma divergência sem criar nós, sem desfazer laços, sem maltratar corações. 

Dizem que conselho não é bom por ser gratuito, mas arrisco a te dar um, porque nada de graça dói, jamais abandone amigos, jamais deixe com que fofoquinhas, conversinhas, amarguras ou decepções te afaste de pessoas que vale a pena, jamais deixe de ouvir o outro quando algo não estiver indo bem. Sempre acreditei que o que é verdadeiro não acaba, que todos nós somos falhos e que se queremos uma chance, temos que aprender a dar uma chance também, a quem mesmo que tropeçando, um dia nos quis muito bem.

Cecilia Sfalsin

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.