quinta-feira, 31 de maio de 2012

Nosso amor, um clássico literário atual

05:46:00 7 Comments
Vez ou outra gosto de ler alguns clássicos  românticos da literatura, alguma histórias de grandes amores que passam pelos rabiscos de autores renomados entre eles um que admiro muito como Machado de Assis ,que se atreveu a criar poemas que afagam nosso intimo romântico. Quisera eu protagonizar uma destas obras com um romantismo atual, cheio de realismo, ser a musa a quem ele descreve nestes versos :
(...)O aroma de esperança, que n’alma recende, 

É ela que aspira, no cálix da flor; 
É ela que o estro na fronte me acende, 
A Musa que inspira meus versos de amor!
Quisera eu ser a mocinha que encontra o mocinho em uma rede social, trocam comentários em Blogs, se apaixonam e começam a se relacionar virtualmente, até que um dia ultrapassam a tela do computador , se olham nos olhos, se tocam, se beijam e juntos começam a escrever o XII capítulo de uma obra ainda inacabada mas com fatos dignos de uma bela história literária, sem figuras ilustrativas , nem sentimentos inventados, apenas a real história de quem se ama escrita pela autora que ousou entregar seu coração...
Se é que já não sou não é?

Capítulo XII da nossa história..

Cecília Sfalsin.....




terça-feira, 29 de maio de 2012

Aprender para crescer, ou crescer para aprender?

06:27:00 36 Comments
Depois de um certo tempo passamos a nos alimentar de experiências que adquirimos ao longo dos anos , paramos para pensar no atrás e descobrimos que alguns fatos que julgávamos intermináveis ja não fazem parte da nossa história mais, amadurecemos para um novo mundo, e aos poucos vamos ponderando nossos sentimentos, contendo certos desejos, se esquivando de certas situações , sem ter que usar máscaras para escondermos de uns e outros o que realmente somos ou sentimos no momento. Descobrimos uma liberdade que se escondia dentro da gente, e soltamos nossas indagações, nossos anseios, nossos temores, nos revelamos como pessoas em busca do que realmente nos faça feliz. Revolta? talvez, mas as vezes é necessário criarmos um atalho para não termos que cruzar com o inoportuno . Claro que em se tratando de mim tenho algumas incertezas que por vezes criam em minha mente uma confusão danada, mas logo me desperto e prossigo em busca dos meus sonhos perdidos por ai. Nem sempre conseguimos fazer tudo perfeitamente, mas estou certa que hoje me aceito , me admiro, e me obedeço, não exijo tanto de mim, mas exijo da vida o que ela tem pra mim , e me responsabilizo em vivê la...e com sua licença Tati Bernardes "Tem coisas que Deus dá para a gente aprender. E tem coisas que Deus só dá quando a gente aprende."


Cecília Sfalsin

domingo, 27 de maio de 2012

Apenas um sopro

04:54:00 24 Comments
O sol batia na janela, aquecendo o quarto que aos poucos clareava. A bela moça dos olhos negros, cabelos ouriçado e sorriso escondido se preparava para um novo dia. No criado  encontravam se lembranças em formas de fotografias manchadas pelas lágrimas que outrora haviam escorridos. Em seu rosto um brilho de esperança que se esvaiam com as angustias de uma noite fria.  Ao seu lado um lugar vazio, um sonho distante , um amor acabado. Tudo parecia escuro, as incertezas cresciam, os tormentos de recomeçar sozinha tiravam lhe as forças. De repente um pássaro lhe trouxe um canto, o vento soprava e as janelas se abriam , levantou se vestindo seu vestido rodado,  decidindo que ao quarto não mais retornaria , que na dor jamais se prenderia e a um novo amor jamais se negaria. Se despiu da angústia , se desfez das lembranças, queimou todas as linhas , libertou se da escuridão da alma , permitindo que o vento entrasse com  uma nova esperança e um novo amanhecer . 
Se vestiu de asas  tocou o céu e sentiu as nuvens, 
por instantes seu corpo levitava, seu rosto era tocado 
pela brisa suave ,e seu coração, ah seu coração soava uma linda canção, permitindo se viver, e as cinzas do passado se espalhara com apenas um sopro..
"o sopro da vida"

Cecília Sfalsin


Não tenho pra mais nada, ser feliz me consome muito 


(Clarice Lispector)

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Ironizando o amor...

11:44:00 24 Comments
Não sei se estou meio que caminhando para traz ou se a minha visão é a mais atualizada possível, sei lá , não me importa em que sentido fica , o que não quero é ter que aceitar certas ironias que tentam definir o amor . Não sou e nem quero ser a metade de ninguém , me entrego por inteira sem ter que ficar com minha outra metade vagando por ai,  não me fiz de sentimentos para completar o vazio dos outros, e sim para ocupar o meu lugar no coração que foi preparado para mim..Sou intensa, sou completa, sou real, busco muito mais que sonhos, e esta bagagem que carrego não cabe em lugar pequeno , não se mistura  , necessita de um lugar inteiro e único. Também não sou tampa de panela, me encaixo no que me acompanha,  os ponteiros do meu relógio são ligeiros  para eu ter que passar uma vida toda curando feridas ,  se o que quero é passar os melhores dias que tenho  amando, cuidando, protegendo,  vivendo .Confesso: meu coração tem urgência. Não quero me sentir como o prato mais saboroso do dia e ser chamada de "gostosa" , tenho sede de afagos, carinho, palavras que me elevam, que me fazem  sentir como uma lady sendo cortejada pelo seu príncipe , tenho essência, tenho beleza, tenho virtudes. Talvez exagerei nestes detalhes tão atuais nos dias de hoje, mas acredito que amar alguém é junção de dois corpos , dois corações, duas almas, que unificados se acrescentam e transbordam em sentimentos...Sou inteira e me entrego por inteira também

acha que exagerei? 

Cecília Sfalsin

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Tudo que há em nós

10:45:00 25 Comments
Tudo aconteceu ao findar a noite, entraste lentamente em meu íntimo e aos poucos fora transformando meus sentimentos . A cada toque seu sentia transpor os limite da minha alma, e uma base cinzenta caia do meu coração . Me contemplava a flutuar em suas mãos, o cheiro da tua pele me fascinava, e os meus pensamentos alcançavam os seus como plumas no ar . Por um instante me vi totalmente em você e você totalmente em mim como uma entrega insana e real .Me faltavam palavras, meus olhos fixavam aos seus, minha boca tinha sede da tua, e nossos corpos se aqueciam , o fim passara a ser o começo o que era noite começou a resplandecer a luz . Tudo era tão diferente , me perdi sem querer entender o que acontecia, me entreguei sem medo dos riscos que corria, me envolvi sem ao certo saber o que sentia .Quando acordei ao raiar do sol olhei para o lado , te procurei, minha alma entristecia, pois ali não te via, quando de repente olhei para a porta  e la estava você em pé com um sorriso nos lábios , um olhar apaixonado a velar pelo meu sono, sem uma palavra sequer, apenas a tua presença traduzindo os teus sentimentos , naquele  momento compreendi que  tudo o que fizemos , tudo o que há em ti, tudo o que há em mim, tudo o que há em nós ..se define  na palavra "Amor"

Cecília Sfalsin...




Obs: Aos amigos que ainda não conhecem gostaria de lhe apresentar meu outro Blog Meus momentos de lucidez , um cantinho onde escrevo em momentos lúcidos sem poesias, 
apenas razões....espero que gostem ...

segunda-feira, 21 de maio de 2012

O maior mergulho que fiz..."auto descoberta"..

21:38:00 28 Comments
 O maior mergulho que fiz foi no profundo da minha alma, mergulhando com cautela sem despertar os perigos do mar que por diversas vezes me impediram de mergulhar. Fui a fundo , quase em êxtase,  confiando em mim, no meu desejo de encontrar os maiores tesouros que eu poderia ter escondidos em algum lugar .Houve alguns instantes que eu quis voltar no meio do caminho, me senti sufocada, sozinha, parecia que o peso da água me tornava insensível, irredutível, cansada, mas continuei .De repente me senti próxima a tocar nas profundezas, meu corpo flutuava, a leveza tomou conta do meu interior, e o que era difícil e impossível se tornara o meu centro, o meu recomeço, o meu mistério. Minha alma se pôs em silêncio e o mar cantava a leve poesia do meu sentir. As águas que outrora eram frias se tornaram mornas aquecendo meu corpo com uma manta de força , e o que eu procurava estava em meio a minha coragem de querer conhecer o profundo de mim que ninguém nunca ousou pisar , foi quando chegou a hora de voltar, subir novamente, reconheci que há algo em mim só meu, um baú cheio de segredos que só serão revelados a quem realmente quiser mergulhar comigo . Hoje eu reconheço o profundo do meu existir...e as riquezas que há em mim . Me descobri...


Cecilia Sfalsin

domingo, 20 de maio de 2012

Entre chá , músicas , e poesias

05:30:00 50 Comments
A chuva e o frio tem um poder incrível de me parar, me fazendo sentir saudades de mim . Me recolho debaixo do cobertor , uma chícara de chá , uma música ambiente e um bom livro é o suficiente para me levar a lugares distantes onde parte de mim sonha, busca, se perde se encontra, outra parte de mim cria, imagina ,  ama, inspira. São momentos que tento transformar meus sentimentos em palavras, porém nem sempre o que escrevo é o que sinto . Lembro me de um livro que li cujo o autor dizia que a verdade da alma esta além das palavras ditas e que ao ouvirmos música nos transformamos em música (Rubens Alves), é como se libertássemos de um mundo real cheio de regras e nos envolvêssemos com o coração, com a verdadeira poesia da vida, sem rimas, sem regras, sem pontos,sem vírgulas. As vezes precisamos disto, nos soltar, nos permitir inventar e mais que palavras ditas poder sentir a sutileza da vida , caminhar de olhos fechados sem medo do que vem pela frente, acreditar em um mundo que não existe mas que você naquele momento a sós acreditou na sua própria capacidade de escutar o som que vem de dentro de você .Certa vez em um comentário uma amiga (Van do Blog Retalhos do que sou) me disse que ela costuma dançar sozinha na sala de sua casa, fazendo coreografia e performances de suas músicas preferidas deixando a música dar o tom do movimento, loucura? talvez, mas uma insanidade compreendida somente por quem se entrega a beleza que se escorre do corpo, da alma e do coração , beleza esta que é demais pra mim....

Aceita um chá?

Cecilia Sfalsin

As citações em destaque são frases Retiradas do livro "Palavras para desatar nós" de Rubens Alves

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Quando o coração quer refúgio

19:30:00 22 Comments
Busca lugares escuros, se esconde nas sombras do abandono,
Não quer canto, não quer barulho, só quer prantos,
sente se perdido, entrega se a solidão, 
perde se em pensamentos, prende se aos tormentos,
 um vento frio sem explicação, não se define,
não se encontra, não se movimenta. Quer apenas refúgio
até que absorva toda a dor, toda inquietação,
toda angústia e o sol o encontre novamente.
Quando o coração quer refúgio sussurra em silêncio.


Cecília Sfalsin


quinta-feira, 17 de maio de 2012

Ouça me no teu silêncio

20:57:00 6 Comments
 Ouça me no teu silêncio,
desliza tuas mãos em mim 
sinta o odor da minha pele serena,
que lentamente te envenena


Ouça me no teu silêncio
roubando te carícias ,  despindo me 
da realidade , cobrindo me 
com suas insanidades 


Ouça me no teu silêncio
revelando te meus segredos
em cada toque tímido e intimo,
que roubamos um do outro....


Ouça me no teu silêncio
e perceberás que há grandes 
descobertas a fazeres mim....


Cecília Sfalsin

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Janela interior

04:06:00 32 Comments
Todos nós temos uma janela dentro da gente, oras a mantemos aberta , totalmente receptiva ao sol,aos pássaros a um bom dia, daqueles que qualquer pessoa ou assunto tem passe livre para se achegar se apoiar, fazer barulho . Oras abrimos apenas uma fresta, priorizando o que queremos ver ou ouvir, como se vigiássemos para que nosso interior permanecesse quieto, tranqüilo, nada de tristeza, mas um descanso na alma, uma vontadezinha de se sentir apenas, talvez uma carência , em que mais queremos receber do que doar . Oras a fechamos totalmente , fugimos um pouco do que esta la fora, nos ocultamos de tudo e todos, procurando apenas a solidão , reorganizando sentimentos, equilibrando emoções, lidando um pouco com o próprio eu. Por estes dias tenho me encontrado com a  janela entre aberta, meio que me guardando de certos incômodos , tentando ter uns dias amenos, tranqüilos , sendo cuidada , rejeitando algumas situações que julgo sem importância , evitando alguns ventos fortes e confesso meus dias tem sido de descanso...

Cecília Sfalsin

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Quem muito fala pouco faz

04:03:00 33 Comments
Quando o assunto é relacionamento, 
nem sempre a força das palavras
 substitui o poder das atitudes,demonstrar afetos reaviva
uma relação, um pequeno gesto traz renovação
Palavras são emoções . atos são confirmações
Quem muito fala pouco faz...

Cecilia Sfalsin

sábado, 12 de maio de 2012

Amor não acaba

03:01:00 34 Comments
O que realmente acaba são os momentos, a confiança, o respeito , os cuidados, o carinho,a sensibilidade, o prazer, o encanto, os valores, as virtudes, a cumplicidade ,ao qual fazem parte das notas musicais que o compõe e o mantém acordado dentro da gente .  Quando estas notas se perdem ele adormece , em um cantinho todo especial do coração , até que uma nova música seja tocada e o desperte novamente para uma nova dança , um novo sonho e uma nova melodia...O amor vive em sintonia com a orquestra da vida...


Cecília Sfalsin


Um beijo especial a todas as mamães que por aqui passarem.. amor de mãe nunca dorme..rs

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Não se perca... o que é pra ser tem muita força

22:32:00 24 Comments
O tempo nos ensina a lidar com a dor ,a saudade e o amor . Trilhamos o caminho das possibilidades e adquirimos forças com aquilo que chamamos de distância. Os nossos sonhos cada vez mais se aproximam, e percebemos que o que julgávamos impossível esta prestes a nos alcançar, quanto mais tropeçamos maiores são as chances de nos levantar e quanto mais levantamos mais confiantes nos tornamos, pois aprendemos a caminhar com cautela adotando o que chamamos de sabedoria de percurso ou espera, cujo os pés sempre irão onde nosso pensamento ordenar e farão o que o nosso coração mandar.Não importa se nossos desejos são maiores que o universo, ou se o que perdemos no caminho esta difícil de achar, a verdade é que  "o que tem de ser tem muita força ,(...) acontece que entre o “ainda-não-é-hora” e “nossa-hora-chegou”, muita gente se perde" ,assim pensava Caio Fernando de Abreu e hoje eu continuo pensando assim,
portanto , não se perca viu....

Cecília Sfalsin

terça-feira, 8 de maio de 2012

Uma poetisa passou por aqui :"Florescer" (Por Sissym Mascarenhas)

12:58:00 25 Comments

Deixo de lado as mazelas
porque hoje, eu brotarei
no céu entre as estrelas
vou reluzir, eu brilharei

Cobrirei com belas flores
nos caminhos desta vida
distinguindo multi-cores
dos lares sempre acolhida


Floresço nos lábios sorriso
com vocês a compartilhar,
bons momentos eu preciso
escreverei o futuro a trilhar

A expressão de amabilidade
na troca gratuita de simpatia
entre amigos da comunidade
para mim é ótima companhia

Então, neste lindo jardim vivo
semeada e cuidada com amor
desenho letras e ainda cativo
o olhar, revelo-me esplendor!


(Sissym Mascarenhas)

Florescer é um ato de renovação e só quem se permite consegue sentir novas flores brotando dentro de si .Uma bela poesia cujo a autora é de uma sensibilidade ímpar ao qual tenho um enorme carinho além de admirá la e apreciar cada traço de suas Linhas..

Autora : Sissym Mascarenhas.
Seus Blogs: Blog Zoom
                   Masquerade
                   A verdade é cruel 



segunda-feira, 7 de maio de 2012

Não sou a mesma de ontem e não serei a mesma amanhã

05:21:00 29 Comments
Sou aquela que tocou as nuvens com as mãos , 
e percebeu que não há sonhos impossíveis, 
venci a mim mesma quando o meu eu se deleitou em lágrimas, 
me permiti morrer a cada por do sol,
e renascer a cada amanhecer,  
arrisquei no amor e o transformei em poesia, 
abracei minhas idéias, 
acreditei na vida , entreguei meu coração
a um maluco romântico e fiz dele minha inspiração,
Confesso que não sei se o que vivo é eterno, 
mas posso afirmar que dentro de mim 
tem algo interessante acontecendo...

Mais um capítulo da nossa história....

Cecília Sfalsin


sábado, 5 de maio de 2012

Silêncio a dois

16:20:00 13 Comments
Hum , nada melhor do que a companhia de quem amamos ,
friosinho entrando pela janela, 
vento aromatizado com flor do campo,
olhos nos olhos, sorriso embarcado em lábios rosados,
sensação gostosa do sentir a presença, o toque, a privacidade,
vontade de fazer coisinhas inusitadas, 
carícias escondidas pelo cabelo,
um abraço apalpando o coração da gente , 
uma troca de palavras mudas,
instantes desejados, provocados, 
que permitem só o coração falar e fazer o que quiser...
Um silêncio a dois que dispensa qualquer palavra...

Cecília Sfalsin

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Há dias que me sinto assim

05:16:00 23 Comments
Há dias que me pego debruçada em sonhos,
apalpando-os com as batidas de meu coração,
sentido me aninhada em tuas palavras tênue,
que aos poucos acalenta meus anseios

Há dias que me encontro ausente ,
segura por um laço de ternura, 
cheia de vastas esperanças ecoadas 
ao som do vento que sussurra

Há dias que tenho visto o céu azul,
com pequenas nuvens alinhadas, sentindo uma brisa
mansa e suave despertando meus desejos
que dormiam calmamente no tempo 
de solidão..

Há dias que sinto florescer 
a paz em mim 

Cecília Sfalsin

terça-feira, 1 de maio de 2012

Meu colibri , te escolhi pra mim

23:17:00 34 Comments
Fiz me intensa ao nascer do sol,
dei te todos os meus deleites,
alinhei teus sentidos aos meus,
afinei meus desejos aos seus,
acendi meus anseios , 
me entreguei aos sonhos,
me despi de ternura, me fiz mulher,
com ar de ingênua,roubando lhe olhares,
deslumbrante aventura , fortes sensações
nobres carícias que nos envolve,
inquietando me com sua essência
me tornando cada vez mais dona de ti
te escolhi pra mim, sem promessas
sem projetos, sem destino
te escolhi dentro de mim
e te fiz meu colibri

Cecilia sfalsin


Novo texto aqui (Não basta gostar) espero que gostem

"O TRABALHO enobrece o homem" (Max Weber)..Parabéns a nós trabalhadores

07:47:00 8 Comments
Apesar de não concordar totalmente com esta frase , acredito que realmente em partes o trabalho distingue o homem e o faz se sentir mais honrando e util para si mesmo e para a sociedade ,sendo trabalhador formal ou informal. Pois o que define o ser humano é seu caráter e sua disposição de ser alguém capaz de realizações.Porém o que realmente desejo a todos nós trabalhadores hoje é um mercado de trabalho mais promissor, oferecendo a todos oportunidade melhores , dignas de um ser humano, e banindo o preconceito e a humilhação em relação a qualquer tipo de profissão..Pois trabalhador seja em qualquer área do maior ao menor é digno de ser respeitado ...


É O QUE DESEJO MESMO QUE SENDO UM DESEJO QUASE QUE IMPOSSÍVEL

Feliz dia do trabalho..Parabéns trabalhador


Cecília Sfalsin

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.