sábado, 23 de março de 2019

# Minhas inspirações

Dos dias difíceis tiramos grandes lições...


No outono, aonde os ventos sopram mais forte,  as ávores sofrem perdas grandes, perdem a sua beleza, ficam expostas, e aparentemente sem vida, mas resistem ao frio, aos ventos, e até aos abandonos de alguns que muitas vezes buscaram nelas abrigo, sombra,  descanso e paz. Elas perdem as suas folhas, mas protegem a sua raíz. 

Eu já fui daquelas que me garantia em tudo. Boas amizades, boa estabilidade financeira, um status pra lá de bacana, e rodeada de "bons amigos". Eu era o máximo, e fazia questão de pagar a conta. Não tinha tempo ruim pra mim, afinal, tudo estava dando certo em minha vida, eu era uma árvore frondosa, e forte. A gente pensa que tudo é eterno, e não é, tempos difíceis chegam pra gente, e não avisam. 

O meu outono chegou, e eu me vi sem folha, sem beleza na alma, sem força, e sem chão. Aqueles que um dia eu paguei a conta no barzinho da esquina para firmar os bons momentos, me abandonaram, aqueles que batiam em minhas costas e diziam tamo junto, também. Passei pelo processo da dor, do desespero, do medo, da solidão, mas protegi minha raíz de ressentimentos e mágoas.

 Nesses períodos muitos se afastam, porque  aquela sombra, aquelas belas folhagens se vão com as lutas, e por não sermos mais úteis, deixamos de ser interessantes e importantes para alguns, até que a primavera nos encontre e nos faça florescer novamente... mas de um jeito muito diferente, e com mais responsabilidade. Guardei o meu coração, e resisti ao inverno acreditando que ele passaria. 

E passou. O processo foi demorado, mas a minha primavera chegou, e eu pude ser flor na vida de muita gente. Eu me refiz no jardim que Deus me preparou. O segredo está na sua raíz, aonde são gerados os seus sentimentos. Quando você se protege do mal que te fazem, ainda que a dor seja intensa, você se permite a um recomeço. Quando você cuida da sua ferida ao invés de se importar com quem a causou, você cuida da sua própria terra, e faz gerar em você novas folhas, novas flores e novas possibilidades.   Deus sabe o que faz. Tudo passa.. e é no lugar das feridas que se refaz a carne, e no lugar da dor se refaz o amor. Tudo passa quando a gente acredita..

Cecilia Sfalsin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

POSTAGENS RECENTES

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.