quarta-feira, 7 de março de 2018

# paz

Sim, eu oro pela Síria, eu oro pelas nações.



Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor (Salmos 33:12)

Eu oro pela Síria. E tentando me colocar no lugar daquele povo, diante de uma crueldade tão tamanha, eu não consigo me imaginar  tendo que correr de um lado a outro desesperada e sem respostas, tentando salvar a mim, e as pessoas que eu amo. 

Eu não consigo me ver sozinha sem direção, sem saber o que fazer, sem saber onde estão aqueles que me protegiam, sem entender o que esta acontecendo a minha volta, e sem saber  se eu vou sobreviver aos bombardeios inesperados ou não, assistindo a tantos gritos de socorro.

Eu não consigo aceitar o fato de ter que fugir do meu país pra não ter que morrer nele. Assim como eu também não consigo aceitar a intolerância no mundo, a crueldade, a violência, o desamor, o desrespeito, a ira, o descaso, e o ódio que tem habitado em muitos corações. Eu oro pela Síria, eu oro pela paz entre as nações, eu oro pelo mundo. E lamento muito, por tantas vidas ceifadas pela covardia, ambição e crueldade humana. 

Eu oro para que Deus intervenha nessa guerra, e nas muitas outras que não são divulgadas, que não são percebidas, e que, por meio delas muitos estão vivendo dias sombrios e doídos. 

Cecilia Sfalsin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.