domingo, 7 de janeiro de 2018

# Minhas inspirações

Às vezes, aquilo que parece ser perda em nossa vida, pode ser um grande livramento de Deus.


Sim, já tive algumas decepções amorosas, e cada uma delas teve um nível de dor diferente. A gente quando esta naquela fase aventureira arrisca tudo, não tem tanto medo, ou melhor, maturidade, e mergulha de cabeça sem pensar nas consequências. E eu já fui assim. Mas  agradeço muito  a Deus por ter me livrado de algumas ciladas que essas aventuras me tramaram pela minha ingenuidade.

Agradeço a Ele por ter me protegido, cuidado, e principalmente, por ter cuidado do meu coração. Algumas eu me arrependo pelas tolices que fiz, outras não, e confesso a você que nenhuma delas vira livro pra mim. Hoje, um pouco mais crescidinha e com alguns sonhos a flor da pele, passei a priorizar o que me é mais importante, aprendi a caminhar com mais cautela em relação a sentimentos, e não permito ninguém tocar aonde já teve uma ferida aberta, até mesmo porque acredito que ainda estou em processo de cura, com a carne cicatrizada, mas com a alma um pouco sensível.

 Fico super preocupada às vezes quando uma pessoa me diz que esta sofrendo demais pelo término de um namoro aonde o outro diz que não há mais amor, que não há mais jeito, ou que simplesmente nem diz nada, mas que esta estampado no em seu rosto, e registrado na ponta do seu nariz que tem outra pessoa vasculhando o seu coração. Fico super inquieta ao saber que alguém está se culpando, ou deixando de viver a sua vida por um relacionamento que só lhe trouxe pesos, cobranças, constrangimentos, mágoas e ressentimentos.

 Eu até entendo o quanto dói, e o quanto nos sentimos desmotivados sabendo que alguém foi ingrato com os nossos sentimentos, porém, não podemos deixar a nossa tão batalhada felicidade nas mãos de outra pessoa, não podemos nos esconder em cima de promessas desfeitas e acharmos que o nosso mundo acabou. A vida continua, e é nisso que você deve acreditar.

 Deus sabe o que faz, e uma das coisas que ele faz muito bem quando estamos sob a sua proteção é nos livrar do que esta prestes a destruir o nosso futuro, e que, a principio, e pelo desespero, a gente só vê como perda. Cuide-se! E aprenda a entender que é na dor que a gente se refaz.

Cecília Sfalsin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.