quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

# comportamento

Só quem já passou por uma difamação entende o que é ser julgado sem dever.


Só quem já passou por uma difamação entende o que é ser julgado sem dever. O que é ser apontado sem razão ou caluniado sem chance de defesa. O ato de denegrir procede daqueles que além de fracos espiritualmente, também são desprovidos de respeito, caráter e sensatez.

São desumanos e vazios de si mesmo. Quando alguém por maldade e insatisfação própria expõe o outro, ele auto se revela como uma pessoa necessitada de atenção e aplausos, tenta mostrar uma falsa força por machucar alguém, por tentar derrubar alguém ou por não saber lidar com o sucesso, com a postura e com a boa reputação que o outro tem. 

Pior ainda é quando ele consegue ludibriar aqueles que nos conhecem bem, que sabem um pouco da nossa vida, e de quem somos realmente. Lidar com este tipo de situação não é fácil porque requer da gente muita coragem, muita firmeza e uma força tamanha para não se envolver com o veneno que vem através das mentiras e enganos que o difamador espalha, mas é possível quando colocamos Deus na direção da nossa vida e esperamos dele uma resposta, um cuidado, uma proteção, um livramento e a sua justiça em relação ao que falam de mal sobre nós.

Não se deixe abater pelo ódio que vem contra, não seja plateia de quem não tem sentimento, não dê atenção ao que só chega para te desestruturar e roubar a sua paz. Quem te difama te vê como um pedra no caminho. Não consegue aceitar o fato de que você faz a diferença naquilo que ela não consegue ser. Revidar é se igualar, e gente cega pela ira, pela raiva, pelo fracasso não entende que quanto mais for a cova que ele cava em relação ao seu próximo, mais ele se enterra. Fique bem.

Cecilia Sfalsin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.