segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

# Relacionamentos

7(sete) tipos de comportamento capaz de destruir um relacionamento.



Nem todo relacionamento acaba por falta de amor. Alguns comportamentos contribuem pra isso, entre eles estão:


01-Ausências: Não estou falando de prisão, algemas, ficar colado 24hs por dia ou ser carrinho de mão do outro. Estou falando de descasos, desinteresse, falta de compreensão e cuidado. Ausências afetivas, que faz o outro se sentir um tanto faz mesmo estando de corpo presente. 

02-Controle desenfreado: O outro precisa de espaço, e a gente também. Mas quando se trata de relacionamento é claro que algumas privacidades mudam, mas não quer dizer que podemos ser tão invasivos a ponto de dominar a vida alheia. A ponto de marcar hora, ou querer dominar tudo que o outro faz. A lealdade consiste em um se doar ao outro naturalmente e com compromisso e não com cobranças tolas e cheias de questionamentos. 

03-Ciúmes doentio: Ninguém consegue sobreviver debaixo da água por muito tempo se não houver oxigênio. O ciúme excessivo faz mal pra quem sente e para quem é sobrecarregado por ele. Além de fantasiar situações, manipular pensamentos, causar inquietação e desconfiança, ele também domina as atitudes de uma pessoa, a tornando refém de suas inverdades e imaginações doentias,  lhe tirando toda liberdade de viver, sentir e amar por inteiro.

04-Uso indevido de redes sociais: Privacidade não tem nada a ver com libertinagem e falta de caráter. Tem que ter equilíbrio, bom senso e respeito quando o relacionamento é sério e quando o outro deposita em você sua total confiança. Não podemos nos esquecer que quando estamos com alguém, a nossa privacidade se torna limitada. Tem muita gente errando em off, e se esquecendo que Deus tudo vê. Se o compromisso é sério, então tudo que se envolve nele é sério também, a começar pela fidelidade e pelo comportamento, principalmente quando ninguém esta vendo.

05-Falta de perdão: Tem gente que perdoa da boca pra fora. Diz que ama, que está de boa, mas na primeira oportunidade, na primeira insatisfação joga o erro passado na cara do outro. Isso não é perdão, é veneno guardado. Cuidado! Remoer feridas é cultivar mágoas. Quem vive dessa maneira, ao invés de trazer paz e renovação, só causa mais dor e decepção em si mesmo e no outro.

06-Críticas desnecessárias: Ei, se não consegue elogiar, ou fortalecer o outro em seus objetivos, não critique, não aponte defeitos, não o coloque pra baixo, não o trate com falta de maturidade. Certas críticas chegam como flechas, não ajudam, só ferem, e aos poucos o outro vai perdendo a motivação por ser ferido indiretamente por quem deveria cuidar do seu coração. Tem "brincadeirinhas" que são desnecessárias e sem graça. 

07-Desacordo: Se um estiver indo para o sul, e o outro para o norte de mãos dadas, um sairá com graves hematomas na alma, e ambos não conseguirão chegar a lugar algum devido aos conflitos construídos no caminho. Dois corações NÃO PODEM SEGUIR EM FRENTE se entre eles não houver acordo (Amós 3:3). É preciso diálogo e concordância. É preciso saber ouvir, calar e falar sem um se achar superior ao outro. Deus se agrada disso, ele habita onde há paz e acordo. 

Acima de qualquer comportamento citado aprenda que: um relacionamento para dar certo, precisa estar na vontade de Deus. Precisa ter uma fé bonita construindo o amor todos os dias mesmo com as dificuldades diárias. Ore por quem você ama! Tenha paciência, sabedoria, visão, tolerância e acredite: O que o Senhor faz, ninguém desfaz. 

Cecilia Sfalsin.....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.