/
0 Comentários

Cresci muito nessa vida! E, não foi pelo tempo, nem pela idade, foi pela necessidade do meu coração. Pelas vezes que ele se feriu, pelas vezes que ele confiou, pelas vezes que ele acreditou que daria certo e não deu, pelas vezes que ele se decepcionou e amou, pelas vezes que ele não se cuidou.

A gente cresce quando não há mais saída pra nada de errado que a gente faz. Falo de escolhas e decisões. Falo desse nosso jeito insistente ás vezes de querer só o que não é pra gente, falo desta fraqueza absurda que vez ou outra nos joga nas mãos dos outros como bumerangue, e nos faz cada vez mais dependentes daquilo que eles não podem nos oferecer, falo desta nossa maneira boba de viver achando que os outros são melhores e mais capazes, e que a gente nunca vai conseguir nada de interessante porque não somos aptos, reconhecidos ou cercados de elogios e plateia. 

Não é bem assim que as coisas acontecem, mas só nos damos conta disto quando vemos fugir das nossas mãos oportunidades grandiosas, só descobrimos o tamanho valor que temos quando nos olhamos no espelho e percebemos o nosso nariz quebrado pelas portadas na cara que levamos desnecessariamente.

Só percebemos o quanto poderia ter sido diferente depois que nos encontramos no chão e sem ninguém do nosso lado para pelo menos dizer: vamos lá, levanta, você consegue. A questão não é o mal que recebemos, mas aquilo que criamos em nós diante dele. 

A culpa não é das pessoas que não souberam nos cuidar, mas das expectativas que criamos a respeito delas, acreditando que elas são perfeitas em tudo, e não nos  preparando para suas falhas. Quando eu digo que cresci, eu quero dizer que aprendi a caminhar pelo caminho da experiência, e a não depositar nos outros a minha vida, os meus sonhos, a minha felicidade. 

Eu só quero que você entenda  que a responsabilidade de seguir em frente é nossa, e, se quisermos ter sucesso futuramente precisamos ter acima de qualquer coragem ou força, fé em Deus e confiança. Não devemos colocar em nossa bagagem ressentimentos, mas perdoarmos quantas vezes forem necessárias e continuarmos acreditando no amor e naquilo que podemos ser sem  prejudicarmos ninguém. A vida nos dá o retorno merecido e Deus nos abençoa também. 

Cecilia Sfalsin


Leia também

Cresci muito nessa vida! E, não foi pelo tempo, nem pela idade, foi pela necessidade do meu coração. Pelas vezes que ele se feriu, pelas...

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.