/
0 Comentários

Eu sempre acreditei que o mundo gira, que o amanhã chega e que só colhemos aquilo que plantamos. Por este motivo tenho procurado  me policiar em certas situações. Tenho buscado não agir impulsivamente, tenho tentado não dar ouvidos ao que não me acrescenta, e a seguir o meu caminho sem prejudicar ninguém.

Tento levar o meu coração a sério,   me distanciando do que não me faz bem, relevando certas imaturidades e  me cuidando também. Hoje estou mais light, me importando menos com quem pouco se importa comigo.

Dando um auê nos meus projetos e planos. Entregando nas mãos de Deus tudo que as minhas não alcançam, e esperando o tempo certo dEle para todas as coisas em minha vida. Dentro de mim carrego uma fé bonita e um amor bonito também. Difícil, distante, doído, mas bonito e cheio de sonhos.  E nos meus pés carrego a agilidade de uma corsa sempre sedenta de água, não só para saciar a minha sede de conquista, mas também para me esconder dos predadores, que em suas insatisfações andam a minha caça. 

Não faço parte daquilo que é mal, não ando de conversinhas bobas, detesto turminhas do contra, não sou adepta a críticas insanas e não bato palmas pra quem se acha melhor do que o outro. Se gostar de mim, eu  agradeço e dou repouso. 

Se não gostar eu agradeço da mesma forma, e só peço respeito. Mas acreditem, não faço média, não bajulo e nem pergunto o porque partiu sem dizer adeus quando a imaturidade toma conta. Cada um faz da sua vida o que bem entender, desde que desocupem o meu caminho e não levem a minha paz. O coração da gente só ganha espaço quando decidimos não carregar fardos desnecessários, e isto eu tenho aprendido todos os dias, e me desprendido de todos os pesos também. 

Quando penso em desistir ouço um sussurrar gostoso de quem me cuida dizendo: "Filha, ninguém é maior e mais capaz do que você, a não ser que você pense desta forma. Se valorize, se realize, e dependa só de mim, porque eu sou o seu DEUS, o seu ajudador, o seu abençoador e o seu protetor". É por isto que me continuo, mesmo com a alma cansada muitas vezes. 

Cecilia Sfalsin.


Leia também

Eu sempre acreditei que o mundo gira, que o amanhã chega e que só colhemos aquilo que plantamos. Por este motivo tenho procurado  me po...

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.