/
3 Comentários

Que tipo de namoro você anda vivendo? Que tipo de sentimento você anda aceitando em sua vida? Você esta feliz? Você tem se sentido bem diante desta pessoa que assumiu com você um "compromisso sério"? Meus questionamentos é por um simples motivo, o que não nos realiza também não nos constrói. E o que não nos constrói, não nos fortalece, não nos deixa visíveis, não nos cura. Quando eu falo de amor, eu falo de afetos embutidos em um só sentimento, capaz de transbordar em nós todas as propriedade do auto merecimento, auto valor e auto reconhecimento, nos deixando com aprendizado pra vida cinco lições. 

1- Aonde não há Deus o amor não fica:
 Aonde não há a aprovação dEle, a vontade dEle, o trabalhar dEle, não há relacionamento que sobreviva. Deus é o próprio amor sendo manifesto nos corações.É 
ele que traz renovo, restauração. É ele que instrui, que faz com as pessoas reflitam antes de qualquer decisão ou escolha. É ele que nos ensina sobre a importância que o outro tem

2- O amor nos traz liberdade: 
Não é abusivo, controlador, possessivo ou doentio. Nos faz caminhar com as próprias pernas, e nos da uma sensação de esperança em cada passo. Quando uma pessoa se relaciona com outra por medo, tendo que viver na mira de cobranças e obrigações ela perde toda a sua personalidade, deixa de ser quem é, e passa viver de prisões e imposições.Quem ama de verdade, ama sabendo que o outro é livre pra ir, mas que decidiu ficar pelo que sente, e pelo tanto que ele significa.

3- O amor  é observador, perdoador e paciente: 
Quem te ama procura te conhecer, procura te entender, procura estar perto e saber exatamente do que você precisa para ficar bem. É perdoador, entende suas fraquezas e faz o possível para que haja harmonia e cumplicidade no relacionamento. É paciente e não maltrata, humilha ou julga por um erro ou por um passado que deveria ser esquecido. 

4- O amor não precisa ser cobrado:
 Ele não precisa ser lembrado. Ele já existe nos gestos, nas palavras, nos detalhes, nos cuidados. Ele faz com que a gente o sinta sem forçar a presença, sem cobrar, manipular ou criar estratégias para ser notado. O amor por si só faz o seu papel, e quanto mais espaço ele tem, mais ele se manifesta através de quem realmente decide nos amar de corpo, alma e coração. 

5- O amor não nos torna invisíveis na vida de uma pessoa:
 Pelo contrário, ele faz com que ela nos  assuma, ele traz vida ao relacionamento, ele nos torna visíveis, amadas, respeitadas, seguras de que as coisas vão dar certo pela reciprocidade dos corações e pela vontade de ambos em construir uma vida a dois, conscientes de todas as dificuldades que possam enfrentar. 

Seja mais honesto com o seu coração, reveja a sua relação, e descubra se é pra valer a pena, ou se só te trará descepções futuras. 

Cecilia Sfalsin


Leia também

Que tipo de namoro você anda vivendo? Que tipo de sentimento você anda aceitando em sua vida? Você esta feliz? Você tem se sentido bem ...

3 comentários:

  1. Adoro suas escritas, eles tem alma, tem sentimento, muitas vezes você coloca e parece que esta falando com a gente...
    Adoro muito lê-las.
    Abraços!
    Fica com Deus

    ResponderExcluir
  2. Boa noite
    Amo suas publicações,sábias palavras abençoadas por Deus.Que Ele continue te inspirando a escrever e com suas mensagens ajudar e orientar muitas pessoas que precisam como eu.A paz

    ResponderExcluir
  3. Precisa ler tudo isso, perfeito!
    ����������

    ResponderExcluir

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....