/
1 Comentários

Não sei se foi uma decisão certa, ou se eu abri mão de algo que poderia ter dado certo, mas no momento ando me cuidando mais, e depois de muitas tentativas em provar que eu era uma pessoa bacana, do bem, e cheia de afetos sinceros, e não ver reciprocidades em nada, resolvi deixar pra la. 

A gente sofre um bocado, mas o suficiente para nos colocarmos de frente a um espelho e nos descobrirmos, o bastante para entendermos que, não podemos forçar o outro a nos querer por perto, e que, se a gente não soma, realmente, a melhor decisão é sumir, afinal, ninguém é obrigado a nos engolir. Sei que tudo passa, mas isso só acontece quando permitimos, caso contrário o luto se estende em dor e culpa, coisas que podem ser evitadas, quando o que há em nosso coração é força de vontade, coragem, e um monte de sonhos sendo contruidos. 

Pra ser sincera com você, não existe aquele que não crie expectativas, ou que não se engane em relação a alguém, e pra ser mais objetiva ainda, a gente cai sim, mesmo prometendo pra gente mesmo nunca mais se enganar. Porém, há um grande aprendizado nisso tudo, a gente cresce de uma tal forma, que eu diria a você que valeu a pena sim, cada lágrima, e que, se a dor lateja por dentro, é porque o coração continua batendo, pedindo espaço para novas oportunidades, e se libertando do que não foi bom. 

Eu continuo arriscando em meus conselhos, se achar devido, pegue pra você, ainda é gratuito: Sentimentos não podem dominar pensamentos, porque se isto te acontecer, ele também dominará suas atitudes, e tudo que você fizer será fora da sua razão. Você significa muito pra Deus, muito mesmo, e não merece passar uma vida correndo atras de uma pessoa que faz de tudo pra te ver distante. 

Já senti na pele isto, e na alma também, e sei o quanto é difícil nos manter longe de quem tanto cuidamos. Mas há coisas que é com Deus e não com a gente, e que, melhor do que se ferir por nada, é você acreditar que tudo passa, e que quando a gente quer, a gente consegue se continuar...

Cecilia Sfalsin


Leia também

Não sei se foi uma decisão certa , ou se eu abri mão de algo que poderia ter dado certo, mas no momento ando me cuidando mais, e depois ...

Um comentário:

  1. Boa tarde, Cecília, agradeço pelo conselho e te garanto que serve para muitas de nós...
    Estou publicando, gratidão, felizes dias, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....