segunda-feira, 27 de junho de 2016

# Minhas inspirações

Quem carrega ressentimentos, não aguenta carregar conquistas.


Ja fui daquelas que se garantia nas amizades, cercada por muitos, cheia dos "amigos" de "bom coração", afinal, tive os meus momentos de auge na vida, que bancava o cafezinho na esquina, que convidava para um almoço formal, que presenteava, que ajudava, mão aberta sabe?!, do tipo que não negava nada pra ninguém. 

Ainda sou, pedi a Deus para não permitir que as decepções me tirassem o prazer de ser quem sou, que as tristezas não me arrancassem a bondade, o carinho, a vontade de ajudar os outros, mas, que Ele me ensinasse a discernir quem realmente era de verdade em minha vida, e isso eu só fui sentir na alma quando eu cheguei ao pó, e não tinha nada mais para oferecer, a não ser o respeito e a companhia. 

Não, eu não me tornei uma pessoa amarga, pelo contrário, passei a amar e a me amar mais, mas isso foi um processo demorado, foi com muita oração,  choro, e com o apoio de alguns contados no dedo que realmente eu pude chamar de gente que ama de verdade, de amigos com "A" maisculo.

Perdoar quem nos ofende e fala mal da gente não é fácil. Perdoar quem nos vira as costas, nos abandona em momentos difíceis e ainda faz de conta que não nos conhece mais também não. Porém, a falta de perdão só maltrata a gente mesmo e não ao outro, só fecha as portas pra nossa vida, só faz mal a nós, e não aos outros.

Quem não perdoa não caminha, nem avança. Vive remoendo mágoas ao invés de se recontruir, e isto impede com que as voltas por cima aconteçam. Quem carrega ressentimentos, não aguenta carregar conquistas. 

Hoje estou em uma fase boa, não cheguei aonde eu pretendo chegar ainda, mas já tenho meio caminho andado graças a Deus, ja me realizei em boa parte dos meus sonhos, e posso dizer que estou de pé de novo, porém, não com a mesma ingenuidade de antes, estou mais cautelosa, seletiva, e um pouco silenciosa em relação a alguns projetos que tenho, só que, oferecer aquele cafezinho bom, e o aconchego de um bom papo e uma boa companhia, hoje eu só ofereço  para os  amigos que posso chamar de irmão. 

Cecilia Sfalsin

2 comentários:

  1. Amei esse texto que por sinal postei no meu face e teve muitos comentários e muitas curtidas. Sou sua fã.

    ResponderExcluir

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.