/
0 Comentários

Sempre acreditei que no mundo em que vivemos não há acasos, e que se alguma coisa nada agradável nos acontece, ou é a vida nos ensinando ou é Deus trabalhando, não há outro motivo que justifique certas situações difíceis, certos afastamentos, certas dores. 

Sei que não podemos viver pelas circunstâncias, e que as vezes temos que tomar fôlego primeiro para depois prosseguirmos, mas é que na verdade, tem certos momentos que os cansaços chegam, falo sério, tem dias que da vontade de  arrastar o ponteiro do relógio para que as horas passem rápido e a gente não precise olhar para cara de ninguém, só para o travesseiro e a escuridão do quarto.

Dia desses me deu uma saudade tão grande da época em que eu não tinha medo de atravessar a rua, porque quando somos pequenos não temos medo de quase nada, nem fazemos questão de olharmos para os lados, temos quem olhe pra gente, mas quando crescemos, são tantas responsabilidades que a gente tem, são tantos conflitos internos, são tantas coisas mal resolvidas, que se não buscarmos a sabedoria de Deus e a força que vem dEle, a gente não aguenta mesmo. 

Não sou de ferro, tenho la minhas queixas, mas aprendi que é preciso fé, coragem e perseverança se realmente quisermos alcançar um sonho, se realmente estivermos dispostos a lutar pelo que queremos ou por quem queremos do nosso lado,  entendermos que nada é fácil pra ninguém, e que todo mundo tem que batalhar pra ter e pra ser também.

É bobagem desistirmos no meio do caminho, e é muita covardia pensarmos que não vamos conseguir depois de muitos passos dados. Sei lá, eu aposto tanto na força que há no dia seguinte que se me perguntarem se vale a pena, eu direi: Sim, vale a pena, vale a felicidade, vale os milagres, vale o melhor que esta por vir.

Cecilia Sfalsin


Leia também

Sempre acreditei que no mundo em que vivemos não há acasos, e que se alguma coisa nada agradável nos acontece, ou é a vida nos ensinand...

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....