/
1 Comentários


Nada alimentado por obrigações nos faz bem, nada forçado, acorrentado, aprisionado em nós nos provoca alegrias. Não podemos fazer do nosso coração uma gaiola sentimental, e deixarmos encarcerado nele tudo aquilo que suga o nosso respeito, que trava o nosso sorriso, que pesa o nosso caminhar, que desperta dor em nós, que nos priva muitas vezes de ser feliz, não podemos deixar amarrado em nossa alma tudo que só nos atrasa por medo ou dependência. 

Quando eu digo que é preciso deixar ir aquilo que não provém de Deus pra nossa vida, eu falo das coisas que guardamos e que julgamos preciosas pra gente, porém não nos valoriza como pessoas de sentimento puro e verdadeiro. O desapego na maioria das vezes é doído, deixarmos partir o que fez parte da nossa história é horrível, termos que renunciar algo ou alguém para nos libertarmos de um sofrimento é uma escolha difícil, mas tudo se faz necessário quando o que temos em nossas mãos nos afasta do que realmente sonhamos pra gente. 

Os fins trazem os recomeços, e certas mudanças são assustadoras pra nós, certas decisões são complicadas, certos passos são perigosos por que nos exige coragem, determinação e paciência, mas nada é tão mais sublime do que nos libertarmos dos falsos laços que construímos para reconstruirmos um caminho novo e cheio das grandezas de Deus pra nós. Deixe partir e o que for pra ser em sua vida , o que for seu, o que te pertence, mesmo com a liberdade de ir, jamais deixará de te seguir, mas você
só terá esta certeza se realmente deixar partir.

Cecilia Sfalsin


Leia também

Nada alimentado por obrigações nos faz bem, nada forçado, acorrentado, aprisionado em nós nos provoca alegrias. Não podemos fazer d...

Um comentário:

  1. Obrigada pela sua visita no meu blog =) fiquei muito honrada! amo de coração suas palavras
    Que Deus abençoe sempre! e obrigada mesmo! bjos

    ResponderExcluir

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....