/
22 Comentários
Quando os sentimentos teimam em fugir, 
e o coração decide ficar vazio , 
me des(espero), 
me des(cuido)
finjo não sentir dor,
e me silencio,
até que se reencontrem...


Cecília Sfalsin


Convite

Clique Aqui , leia e conheça quatro
elementos básicos que compõe
um blogueiro de sucesso...

Espero que gostem...
Beijos




Leia também

Quando os sentimentos teimam em fugir,  e o coração decide ficar vazio ,  me des (espero),  me des (cuido) finjo não sentir dor, e me silenc...

22 comentários:

  1. Venho agradecer sua visita ao meu blogue
    (através da Malu) já me registei no seu.
    Virei aqui sempre que possa.E também com mais
    tempo.Beijinho
    Irene Alves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Irene ...

      Seja bem vinda ao meu espaço ..
      Será uma honra recebê la por aqui sempre...

      Beijos e obrigada pelo carinho

      Excluir
  2. Cecília que lindo.

    Sentimentos em passagens, esperando um tempo certo de se acertarem por si só, se misturando ao coração que quer sentir.

    Um grande beijo, tenha uma ótima noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo sempre tem respostas lindas , principalmente quando a alma silencia Cla....

      Beijos e obrigada

      Excluir
  3. Cecília, entre o desespero e o descuido, esperar é saber cuidar. Bela composição. Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Eder,

      Com certeza meu amigo.....
      Esperar é saber cuidar...

      Beijos e obrigada

      Excluir
  4. Espero que o silencio cuide para reencontrar os sentimentos bem felizes, Ceci. beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Barbie..

      O silêncio é mais barulhento que a nossa própria voz...:)..

      Beijos e obrigada

      Excluir
  5. Lindo, Cecília. Bom domingo. Beijos. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sérgio...

      Beijos e linda noite pra ti

      Excluir
  6. Bom dia dia Cecília. Um lindíssimo poema minha amiga. Amei ler-te. Um ótimo domingo. Beijos com carinho
    Gracita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Gracita...

      Beijos e obrigada minha amiga....

      Excluir
  7. Cecília, além de lindo e criativo, seu poema dá a direção certa para o re (encontro) consigo mesmo. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Bia...uma direção precisa pra alma...

      Abraços minha amiga e obrigada

      Excluir
  8. Oi Cecilia
    Divagar faz bem a alma ,descansa o coração.
    Sabes bem faze-lo.
    Parabéns pelo dom da palavra.
    deixo abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lis...

      Que bom que gostou amiga....

      Abraços e grata pelo carinho e presença

      Excluir
  9. Oi Cecília,
    Sentimentos não têm que fugir e nem o coração ficar vazio. Pelo contrário, sentimentos têm que aumentar e o coração ficar cada vez mais cheio.
    Deve haver alguma válvula de escape por onde estão se perdendo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belíssima Alerta Nestor....

      Vou verificar estas válvulas interiores antes que me perca por completo...

      Abraços e obrigada

      Excluir
  10. Cecilia, num dia meio assim e assado, quando o sol briga com as nuvens para ganhar espaço, leio seu comentario e fico leve leve leve... alem de rir, claro!

    kkkkkkkkkk ... aquele pouso!!!!!!!!!!!

    Amiga, este fim-de-semana tive a certeza que eu não tenho conserto!!!!!!!!

    BEIJOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh Sissym....rsrsrsrs

      Fico feliz que meu comentário entrou entre meio o conflito do sol com as nuvens e desviou teu olhar deles lhe roubando sorrisos..isto é coisa de fada, daquelas que tem coração sensível, e sabe fazer valer a pena bons momentos...rsrsrs e aquele pouso é inesquecível ´pra mim...rsrsrs

      Beijos e obrigada pelo seu carinho de sempre minha amiga que gosto muitoooooooooooo

      Excluir
  11. Nossa!!! Adorei a forma como vc entrelaçou o sentimento do Eu lírico em questão com a ação dirigida a ele - me des(espero), me des(cuido).
    Não sei se consegui me fazer entender.
    Gostei muito da sua poesia, mesmo descrevendo a dor é possível sentir alivio.

    Abraços estou seguindo aqui

    http://rebobinandomemoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos.....

      Que delícia sua presença por aqui , és sempre bem vindo em meus espaços, e mais feliz ainda pelas sábias e delicadas palavras em seu comentário...obrigada mesmo...

      E volte sempreeeeee

      Abraços e grata por seguir..

      Excluir

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.