sábado, 14 de julho de 2012

# sentimentos

Comportamentos mudam quando ha segurança de afetos...Sera?

Acredito que assim como Caio Fenando de Abreu , muitos de nós já fizemos esta mesma pergunta "Será  que as pessoas mudam de comportamento por se sentirem seguras do afeto que o outro sente? ". Ainda não sei ao certo o que faz uma pessoa mudar de comportamento em relação a outra quando rola sentimentos, se é por confiar que  a tem  totalmente em suas mãos ou por nunca ceder ao que realmente agrada a quem lhe confiou seu coração. Gostar requer muito mais que simples palavras, não se mede pelo tempo, nem tão pouco pela beleza, gostar vai além de expectativas, e não sobrevive se não tiver reciprocidades , entregar seu coração a alguém que não esta apto a possuí lo é adormecer seus sentimentos .Não se pode mudar de comportamento como se muda de roupa, a pessoa ao qual esta com você espera receber o mesmo que ela oferece, ninguém ama sozinho, ninguém se completa sozinho, não existe obstáculo onde há sentimentos . Quando há indiferença , ou outra mudança qualquer que demonstre distancia não acredito que a pessoa esta segura de si , do afeto que você sente, pelo contrário , 
muda porque não esta apta a valorizar o que você 
dedicou a ela em amor.
Toda e qualquer mudança tem que ser para acrescentar,
aprimorar, renovar o relacionamento,
nesta mudança eu acredito 
mas se te traz sofrimento e dor
mude você...

Cecília Sfalsin

29 comentários:

  1. Boa noite Cecilia

    As pessoas vão se acomododando no bem estar desse amor ou relacionamento se esquecendo de olhar o comportamento de quem está ao seu lado.

    ...e ás vezes é dificil mudar, a consequencia desse comodismo...
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Joana, até o comodismo faz com que a relação se desgaste , uma segurança falsa que ocultamente esta se perdendo...

      Beijos e obirgada

      Excluir
  2. As necessidades em um relacionamento são desejos,atitudes e propósitos recíprocos
    Os fragéis se alimentam nos belos fios de letras ou nas falas envolventes e com elas tecem seus castelos ilusórios vivendo dentro de suas fantasias . Ao acordarem para a realidade vemm ruir este mundo em cinzas,consumidas pela névoa do tempo.Outros surgirão ,falarão as mesmas palavras belas...relações de fantasias .Todos somos capazes
    Somente nas atitudes que deixamos as boas impressões,em nossas ações nos fazemos eternos
    Doarmos em coração e espírito ao ser amado no aconchêgo de nossas almas e sermos um só.corpo em cumplicidades e intensidades,nesta arte de amar,poucos são especiais,Atitudes,açóes temperadas com as palavras que predominam sobre o próprio 'eu'que complementam...este é domínio que que temos sobre a outra metade...amar sem exigir,dar-se por inteiro
    princesinha,
    bjocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Meu amor,

      Concordo totalmente com você, quanto as necessidades em um relacionamento, tem que haver reciprocidades para que haja sentimentos. Poucas palavras e mais atitudes, é o que devem ser priorizado , sem ter que achar se mediante ao outro por confiar que o possui totalmente e que nunca o perderá , como bem disse sentimentos ilusórios que poderão se desmoronar a qualquer momento. O que devemos realmente é doarmos nosso coração a quem amamos e receber dele todo carinho, afeto e cumplicidades, predominando o amor, , respeito e confiança.....Amar sem exigir , dar se por inteiro como sabiamente disse....
      Beijo , beijo

      Excluir
  3. Cecília ,
    Eu acredito que com o tempo as coisas vão sendo reveladas de fato. Se o amor é verdadeiro e recíproco ele dura muito e pode ser renovado e perdurado , mas se existe ou existir falhas no percurso , desgaste , ele não resiste e cai .

    Nesse caso , ou você se acomoda , se renova ou você se separa .

    abs
    Francisco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato Francisco,

      O que é verdadeiro vai permanecer mediante a qualquer obstáculo, mas oque é inseguro e distante tende a se perder e não se concretiza em amor...

      Beijos e obrigada

      Excluir
  4. Eis cá um tema que afere bem no centro periclitante do ser humano:
    O comodismo dos sentimentos que tendem na maioria das vezes
    a seguir para a frustração de si mesmo reflectido no outro na maioria das vezes.

    Quando oiço rumores da separação de um casal, das discussões
    magoadas entre amigos de longa data ou até mesmo distúrbios
    familiares justamente por essa acomodação abusiva, sinto-me triste...

    Pois o ser humano é infinito em suas inovações pelo ciclo da vida,
    na sua mutação diária a cada minuto o conhecer profundamente
    o outro como "a palma da mão" é só uma pontinha do iceberg,
    pois se não conhecemos a nós mesmo inteiramente como
    podemos conhecer o outro?

    É ai nas diferenças, no desconhecimento que atrai e refaz a paixão,
    o querer estar apaixonado, o querer escolher sempre amar o outro
    tal qual o é sem tirar e nem por, nessas diferenças que nos completam
    e fazem com que tenhamos o aceder de um pouco mais de
    milímetros do "conhecer a palma dessa mão".

    Amo observar meus semelhantes, encanto-me em observar
    e interagir com meu marido, minhas filhas, com os amigos,amo
    sentir-me surpreendida com facetas que deixam-me perplexa,
    com um prazer assombrado em exclamar:

    - Sois surpreendente pá! Admiro-te cada dia um tanto mais.
    e nesse admirar amo-te mais e mais e mais e isso faz-me bem,feliz e completa.

    ...

    Como costumo dizer-te Querida Ceci, ler-te é uma dádiva, é
    um adentrar em tua alma e nela encontrar um pedacinho
    da minha espelhada na tua.

    Muito grata Poetisa por brindar-nos mais uma vez com tua
    generosidade, com tua beleza, com tua sensível sabedoria.

    Desejo-te uma noite de paz e um domingo abençoado a
    beira dos teus que a paz e a alegria sejam sempre
    tuas companheiras.

    Em Ti, meu carinhoso abraço

    ResponderExcluir
  5. Bom dia de domingo!!!
    Passando para deixar um carinho
    pela presença sempre constante no
    meu cantinho, elogiar o que vc tem
    de bom,pq vc é uma pessoa querida,eu
    agradeço pela belas postagens
    Abraços
    Bjuss
    Rita!!!!

    Comportamento cada momento é o seu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Rita,

      Beijos carinhosos amiga , obrigada sempre por estar aqui iluminando meu espaço com suas deliciosas palavras....

      Beijos e linda semana pra ti

      Excluir
  6. O amor está sendo tão falado nessa geração,mas poucos sabem fazer esse amor real,e cuidadoso!!
    Eu não sou prova de um cara que deu certo nessa parte,mas acredito que hoje as pessoas estão mais individualistas,por conta do desenvolvimento tecnologico,muita informação que deixam as pessoas doentes!!!Isso acarreta muito doença psicológica!!Eu estou sozinho por opção e tambem por perceber que não encontrei alguem para compartilhar momentos de igualdade!!A questão é não ficar desesperado,pois se haver um amor,vai ser natural,nada forçado!!!bjs carinhosos pra ti cica!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Victor,

      Meu amigo o amor é indefinido, e poucos conseguem sentir o seu real valor, vai além de planos, ou promessas, vem pelo sentir o que é real e verdadeiro além de nos dispormos a reciprocidades e lealdade. Vale a pena sim você esperar por alguém que atenta o seu coração de forma passiva e sincera, que cause alegria e movimento dentro de você , seja o tempo que for, mas espere o que realmente for amor em sua vida....

      Torço por ti...Beijinhos e obrigada

      Excluir
  7. Boa tarde, Cecília. Pessoas que se transformam ao londo da relação tornando-se egoístas, grosseiras e indiferentes, não valendo praticamente a pena estender essa vida amorosa, tem de parar e ter uma conversa muito séria.
    Nenhum casal sobrevive a um tipo de relação assim.
    Ou aceitam os defeitos uns dos outros, ou se conscientizam de que precisam mudar de atitude consultando seu próprio coração, sendo humildes, ou o fracasso é certo.
    Ninguém muda ninguém, as pessoas mudam de dentro pra fora e se elas quiserem, mas o amor verdadeiro consegue operar essa transformação, uma vez que o coração está aberto a isso.
    Concordo que no início da relação ninguém mostra os defeitos, uma vez que é a fase da conquista, depois, qualquer coisa é motivo para fazer o outro sofrer e depois dizer que está arrependido e que ama.
    Quem ama mede as consequências.
    "O amor também cansa de perdoar", como diz em uma música chamada "REGRA TRÊS"
    Portanto, ou conquistamos diariamente, temos tolerância, e aprendemos a lidar com o nosso parceiro, desde que isso não nos agrida, ou partamos para uma outra relação.
    Sofrer sempre é que não dá!
    Beijos na alma, e fique na paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Patricia,

      Verdade amiga,

      Eis a lei da reciprocidade, do amor verdadeiro e das superações a dois . Uma relação que só um sente, não subsiste . Concordo com você, ninguém muda ninguém, as pessoas é que mudam , mas os sentimentos tende a aumentar e jamis se tornar egoísta, possessivo e desleal. Ninguém é perfeito, mas o amor é e onde ele reina há transformações que trazem crescimento e amadurecimento para ambos e não dor e sofrimento. Adore o que disse no final quando disse que no amor ou conquistamos diariamente, temos tolerância, e aprendemos a lidar com o nosso parceiro, desde que isso não nos agrida, ou partamos para uma outra relação.e assino embaixo....sofrer não da mesmo, a vida sempre bos da novos horizontes a seguir...

      Beijos e obrigada pela presença e carinho

      Excluir
  8. Você arrematou esse lindo texto com um final massa: "mas se te traz sofrimento e dor mude você..."

    É bem isso. A gente não compreende o caminhar do outro, as mudanças quando tudo ia tão bem, e quando só traz infelicidade, melhor mesmo é curtir sozinha o sofrimento, até que ele sane.

    Beijo, Cecília.
    Bom domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato Mi,

      Viver no sofrimento ao lado de quem não nos corresponde é assassinar nossos próprios sentimentos....

      Beijos e obrigada

      Excluir
  9. Boa tarde Cecília,

    Mudamos ao longo da vida, mas acho que por nós mesmos, retiramos o que há de melhor quando amamos uma outra pessoas, mudamos nossa forma de pensar e nos apegamos a aquele sentimento.
    Não podemos o deixar planar, para ele não sumir, o mudar faz parte, porque assim você renova seus sentimentos e estende o seu relacionamento. Mas mudanças claro que apena fortaleça o que sente pelo outro, quando há a indiferença ou a mudança de hábito por algo ruim, não vale a pena estar com a pessoa.
    Mudar a si mesmo sim, mas com a consciência de estar se ajudando.

    Lindo texto, tenha uma ótima semana querida.
    um grande beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Clarice,

      Exato amiga, mudanças são necessárias, ninguém vive em mesmices , tem que haver um tempero novo para que o relacionamento se torne mais saboroso, mas que sejam para amadurecimento, crescimento e renovo, com o doce sabor de reciprocidades , ai sim vale a pena passar por mudanças, mas o que vem a nos fazer sem dor e sofrimentos nada mais justo que tomarmos novos rumos e cuidar do nosso coração de forma sábia e valorosa....

      Beijos em seu coração e obrigada sempre pelas sabias e lindas palavras

      Excluir
  10. Oi, Cecília, eu concordo. Esse é um dos meus piores defeitos, de entregar tanto amor a ponto dele deixar de ser valorizado. Então sempre me pergunto: será que está errado? Amar não é se entregar e querer fazer a vida do outro mais leve e simples? Por que há pessoas que se acomodam e deixam de cultivá-lo. Sei que eu preciso mudar e passar a me reservar um pouquinho, mas não acho isso certo. Acho que o amor nasceu para ser compartilhado. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Bia,

      É uma confusão as vezes termos que pensar assim, em nos policiar para não nos aprisionar n mão do outro já que o amor é uma entrega completa, difícil de entender e também confesso que não concordo, mas parece que as pessoas se esfriarem e pouco sabem do que é amor e o que é amar verdadeiramente, por isto ficamos cautelosos e apreensivos ao mesmo tempo...

      Abraços amiga e obrigada

      Excluir
  11. OLá Cecília!

    Os relacionamentos são difíceis...
    mas em tudo há um limite,
    quando um só se desdobra para atender
    os anseios do outro, é um relacionamento
    doentio!

    E como você disse neste texto bem formulado,
    se por acaso a mudança que houve no
    relacionamento for muito difícil,
    a gente também tem que mudar...

    Todas as pessoas mudam no decorrer
    da vida, mas isto não quer dizer
    que nós devemos conviver com
    alguém que não se importa conosco!

    Como sempre amiga vale a pena estar
    no seu Blog, eu sempre faço ótimas,
    reflexões nele, e aprendo muito com
    você querida!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Janete,

      Também acho amiga, o amor é cumplicidade, afinidade e reciprocidade, não havendo isto torna se doentio e sofredor, fazendo com que um dos lados se perca no caminho com uma bagagem de frustrações. Em todo e qualquer relacionamento há mudanças , mas acredito que quando o sentimento são verdadeiros ambos mudam para melhor, amadurecem, e não acarretam dores...Se caso houver que mude quem esta sendo atingido pela prepotência do outro, mas não se entregue ao sofrer,, ninguém merece isto....

      Beijos amiga e obrigada

      Excluir
  12. Ela acreditou que mudou
    por mim
    eu sempre mudei
    mas foi a vida
    que me fez muda
    me muda constantemente
    tudo muda - diz
    Heráclito de Éfesos:

    "é na mudança que as coisas
    encontram repouso"

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Luis

      Mudanças que nos fazem crescer e amadurecer são aconchegos para alma..

      Beijos e obrigada

      Excluir
  13. Cecília, penso que ninguém muda ninguém.
    Só há mudança quando as partes querem mudar.
    Conheço pessoas que são muito amadas e nem por isso mudou seu jeito de ser, continuam agressividade mal humoradas, inclusive com o companheiro...só muda quem quer crescer de verdade...seu texto é maravilhoso...beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tereza minha amiga querida,

      Verdade, concordo plenamente só muda quem quer realmente crescer e amadurecer no relacionamento, há mudanças que trazem dores outra acrescenta mais amor...

      Beijos e obirgada

      Excluir
  14. Oi Cecília,
    Sabe aquela frase que a raposa disse ao pequeno principe: "Para que eu seja tua amiga, deves me cativar", ou seja criar laços.
    Quando há laços, há cumplicidade e isso faz com que os entrelaçados se compreendam, através de um simples olhar.
    Quando há laços, ninguém muda ninguém, apenas se complementam.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nestor,

      Concordo laços faze e se refazem sem pressões, sem nós, sem prisões, onde há laços ha possibilidades de mudanças que acrescentam maturidade, amor, confiança e respeito...

      Abraços e obrigada

      Excluir
  15. Esse assunto é um tanto quanto complicado, e a meu ver muito mau entendido no seu geral.. estou falando de relacionamentos longos.. talvez até curtos.
    Em primeiro lugar, sou contra essas coisas de se completar, de cara metade, de alma gêmea .. acho que todo ser humano é ou deveria ser completo em sí mesmo, e é por aí mesmo que começa o erro.
    Quando você quer se completar com alguém, é claro que diz "se doar totalmente" mas na verdade você está é mesmo "querendo que se doem totalmente" ou seja.. o amor é tipo algo que se definiria assim: - "Eu quero fazer pra você ?" mas na realidade, quem quer se completar ou quer achar sua metade pensa mais assim"- " Eu quero que faça pra mim ? "
    Me complete eu tenho um buraco aqui que precisa de você - poxa vida, como alguém pode se doar totalmente se tem um buraco em sí mesmo ? então está doando só uma parte já na sua definição porque a outra metade é um buraco certo ?
    A verdadeira doação está em ter todo prazer em ver o ser amado feliz, e isso infelizmente ou felizmente só é possível se você é feliz e completo em sí mesmo e não um dependente de que outra pessoa faça você feliz, porque isso é total e absolutamente impossível, principalmente com o decorrer do tempo.
    Todo amor começa com paixão e paixão é como dizem fogo de palha, mas o fogo de palha eventualmente coloca fogo em uma boa madeira e essa queima mais devagar e mais constantemente e com o tempo vai se renovando a chama e o calor e cada história de vida é mais um pedaço de lenha que se coloca nesse fogo.
    Mas note-se que é outro tipo de fogo, é um fogo digamos onde basta assoprar a brasa para ser reavivado, que mesmo coberto pelas cinzas o calor está lá, a "alma da chama" não se apaga jamais.
    No entanto, o fogo da pura palha, o da paixão não deixa brasas nem resquícios, esse se apaga totalmente embora enquanto queime seja exuberante, sua duração é de pouco tempo.
    Quem busca no próximo a realização PRECISA desse fogo constantemente e não entende a madeira de lei onde a brasa que é "eterna e duradoura" tem muito mais valor do que aquelas chamas eloquentes, porém a SUA necessidade é tanta na busca exterior de algo que só pode existir no interior que ele quer que seu parceiro queime como se alguém pudesse realmente ser uma palha indestrutível.. não há amor real aí, há sim dependência, cobranças e ciúme impera até o limite da destruição... ou por outro lado a descoberta de outra "palha" onde a pessoa coloca de novo aí suas esperanças de ter achado a outra metade.
    Por isso, antes de "se doar totalmente" tape seus buracos, preencha seus vazios e depois encontre uma pessoa que possa compartilhar da sua plenitude sem depender de você, e aí encontrará o amor, a felicidade e serão dois seres que se SOMAM porque não precisam que ninguém lhes COMPLETE.
    Quem procura alguém que o(a) complete invariavelmente vai cair na mesma decepção de sempre, porque na realidade ninguém foi feito para completar ninguém nesse mundo.
    Abs amiga uma ótima semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Sérgio,

      Delicia de comentário,
      Ha poucos dias escrevi sobre isto , não concordo em ser a tampa da panela de alguém, nem metade de laranja, nem tão pouco a gostosa da vez que . Detesto me sentir cimento pra tampar buracos, nem band eid para proteger feridas , sou intensa, sou segura, sou mais eu em tudo e quero apenas o que me complementa e não o que me completa, pois completa já em termos do querer sentir, doar, e receber. Há algo em nós que chama por sentimento, que tem fome e sede de carinho, beijo, abraços e afeto, portanto somos propícios a nos doar , e querer receber...Como bem disse há um fogo em nós que precisa ser mantido que aquece toda e qualquer relação..Se é pra sentir que seja verdadeiro, se é pra se entregar que seja por inteiro, mas que tenha cumplicidade, reciprocidades e lealdade...

      Como sempre comentastes divinamente, e por te a^gradeço por sempre esta enriquecendo e trazendo experiências linda através de suas palavras...

      Beijos e lindo dia pra ti...

      Excluir

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.