/
28 Comentários
 O maior mergulho que fiz foi no profundo da minha alma, mergulhando com cautela sem despertar os perigos do mar que por diversas vezes me impediram de mergulhar. Fui a fundo , quase em êxtase,  confiando em mim, no meu desejo de encontrar os maiores tesouros que eu poderia ter escondidos em algum lugar .Houve alguns instantes que eu quis voltar no meio do caminho, me senti sufocada, sozinha, parecia que o peso da água me tornava insensível, irredutível, cansada, mas continuei .De repente me senti próxima a tocar nas profundezas, meu corpo flutuava, a leveza tomou conta do meu interior, e o que era difícil e impossível se tornara o meu centro, o meu recomeço, o meu mistério. Minha alma se pôs em silêncio e o mar cantava a leve poesia do meu sentir. As águas que outrora eram frias se tornaram mornas aquecendo meu corpo com uma manta de força , e o que eu procurava estava em meio a minha coragem de querer conhecer o profundo de mim que ninguém nunca ousou pisar , foi quando chegou a hora de voltar, subir novamente, reconheci que há algo em mim só meu, um baú cheio de segredos que só serão revelados a quem realmente quiser mergulhar comigo . Hoje eu reconheço o profundo do meu existir...e as riquezas que há em mim . Me descobri...


Cecilia Sfalsin


Leia também

 O maior mergulho que fiz foi no profundo da minha alma, mergulhando com cautela sem despertar os perigos do mar que por diversas vezes me i...

28 comentários:

  1. Olá Cecília, boa tarde. Parabéns pelo texto, o tema do mergulho interior está aqui muito bem tratado. Já era de esperar, digo eu. Podia falar sobre muitas das braçadas que aqui te vejo dar, mas escolho duas que para mim estão ligadas intimamente: a confiança em si e o controlo do mergulho. Este difícil equilíbrio só pode ser atingido por quem sabe que respiramos por pulmões e não por guelras. É uma limitação, mas não chega para me fazer ter inveja dos peixes. Um sorriso cúmplice e os meus parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi José,

      Muito bom recebêlo aqui :), tenho andado a mergulhar sim, meio que em busca de algo perdido e que só cabe a mim a ousadia em buscar, procurar, uma fase meio distante da terra, do ser humano, dos conselhos letrados, das indignações de muitos, da incredulidade de todos. Ainda que remete medo este mergulho há uma essência que só se encontra no profundo da alma, e lá somente eu tenho acesso...Suas palavras são como oxigênio para que eu consiga me encontrar...

      Um sorriso cumplice e obrigada....

      Bjs

      Excluir
  2. Oi Cecília,
    As grandes mazelas do ser humano, acontecem porque vivemos na superficialidade. Estamos na era do descartável, tudo anda mais de presa, não há mais tempo para mergulhos, e consequentemente os tesouros ficam escondidos.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá nestor,

      Apreciei demais seu comentário, sua visão em relação a vida e o tempo do ser humano em se auto descobrir desprezando os tesouros escondidos....

      Adorei..e concordo totalmente...

      Abraços e obrigada por acrescentar esta pérola...

      Excluir
  3. Texto maravilhoso.
    Como é bom quando não temos de dar este mergulho para dentro de nós mesmos e descobrir coisas até então desconhecidas por nós.
    Sempre faço isso, é bom pra a saúde emocional, espiritual e física...adorei...beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Maria,

      Lindas e sábias palavras querida..Como é bom este mergulho não é verdade? nos fortalece, nos renova, nos edifica....

      Beijos...obrigada...

      Excluir
  4. Esse mergulho é bem profundo
    eu adorei muito bom mesmo
    Abraçosa d ebom dia
    bjuss
    Rita!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Rita,

      Verdade, um mergulho que só depende de nós mesmos...

      Beijos querida e obrigada

      Excluir
  5. Oi, Cecília!
    Adorei esse texto, principalmente porque estou em busca dos meus tesouros, dos meus segredos escondidos. Preciso encontrá-los para poder recomeçar...
    Então, vou seguir o seu conselho e mergulhar bem fundo na minha alma! Espero assim encontrar as minhas riquezas!
    Um beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isa,

      Que bom ter sua presença por aqui, acredito que no seu interior há tantas riquezas escondidas, tantos valores guardados, que só lhe falta a ousadia de mergulhar sem medo e se reencontrar ....tenho certeza que sentiras no teu profundo o brilho que tens....

      Beijos e muito, mas muito obrigada pela presença e carinho em palavras

      Excluir
  6. Minha querida

    por vezes esses mergulhos por dentro de nós servem para nos encontrar-mos....Adorei um texto muito reflexivo.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Sonhadora,

      Sua presença alegrou meu espaço...obrigada por vir..

      Esses mergulhos interior nos faz renascer ...

      Beijos e obrigada pelo doce carinho

      Excluir
  7. Que bonito, um mergulho desse é só para quem tem coragem né? Olhar para dentro de si e mergulhar do profundo de uma alma serve para refletir diante de tudo que existe, diante da nossa vida e saber cada limite, cada razão, cada saber e cada porque. Que reflexão Cecília, da vontade mergulhar também e ver o que temos que descobrir de nós mesmos, para melhorar, triunfar e saber usar este mistério na nossa, vida. Quem mergulha em sua própria alma, sabe falar de si e sabe tudo sobre seu interior, ou pelo menos quase tudo. Grande beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Cla,

      Lindo foi seu comentário, com exatidão, palavras definidas, e sensibilidade compreendida. Estes mergulhos como sabiamente disse é uma reflexão do nosso interior, dos nossos limites, e das nossas vontades. São algumas descobertas que fazemos ao qual nem imaginávamos ter, são nossos valores que se encontravam soterrados no fundo da alma e que pela ousadia trouxemos ao mundo real...

      Beijos flor, e grata pelo carinho... .

      Excluir
  8. " Minha alma se pôs em silêncio e o mar cantava a leve poesia do meu sentir".Que lindo minha doce amiga! Quanta delicadeza e doçura nesta descoberta.Amei!!!
    Seja feliz.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eloah,

      A alma que silencia ouve o som da poesia...e com a doçura de suas palavras se completam....

      Grata pelo carinho...

      Beijos

      Excluir
  9. Oi Ciça,

    Só os que se dedicam à evolução e ao crescimento, é que possuem coragem para mergulharem fundo em si mesmos, trazendo seus tesouros até a superfície. Que seu fôlego se amplie cada dia mais.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo o que disse Van,

      É esta dedicação que nos capacita a grandes descobertas ...

      Beijos e obrigada pelo carinho...

      Excluir
  10. Hola Cecilia! Gracias por tu encantadora visita a mi sitio y por dejar las huellas para llegar hasta aquí!
    Bellísimo blog, con tu permiso me quedo y te sigo.
    Abrazos miles desde Uruguay!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristina,

      Quanta honra sua presença aqui, teu Blog é um encanto e permito sempre sua visita aqui...

      Beijos e obrigada pelo carinho..

      Excluir
  11. Eu que sou o vosso maior tesouro!!!!!!!
    O mais belo e maravilhoso,princesinha -a imagem de Ámon!
    Bjocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza és o tesouro que me levou a conhecer o mais profundo dos meus sentimentos e hoje deles me alimentos.....

      Beijos....

      Excluir
  12. Olá Cecília!
    Mergulhar sempre que sentimos que está na hora de procurar algo novo é algo tão necessário como amedrontador. Lindo texto.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Luisa,

      Necessário e amedrontador, exigindo de nós muita coragem...mas resgatando em nós grandes valores...

      Beijos e obrigada pelo carinho

      Excluir
  13. Oi Cecilia,

    este é o maior dos desafios: mergulhar onde ninguém mais já esteve, ou seja, dentro de si próprio.

    Bju

    Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paulo,

      Com certeza um desafio que exige de nós muita coragem e ousadia para que possamos resgatar nossos maiores valores..

      Beijos e obrigada

      Excluir
  14. Querida Cecilia, eu precisei mergulhar mais de uma vez ao interior do meu ser para entender melhor algumas passagens e tambem me resgatar. Voltei bem.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sissym, acho que a maior virtude é quando mergulhamos e conseguimos voltar a superfície com o que fomos buscar...

      Beijos

      Excluir

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....