/
29 Comentários
Sábias palavras de Rubens Alves ao nos revelar o segredo que fazem as ostras produzirem . Já me perguntei se é necessário a dor para nos instigar por dentro, uma vez que a ostra só produz quando é invadida por um minúsculo grão de areia que a fere por ser muito frágil . Mas também já observei que meus melhores textos surgem nos meus piores dias, onde exponho toda minha raiva, dor, sentimentos ou indignações e deles surgem pérolas que até mesmo no meu intimo eu desconhecia .Dizem que as melhores histórias se baseiam nas maiores tragédias , talvez seja este o motivo que no levam a amar com mais intensidade , a criarmos com mais inspiração, a nos doar com mais vontade . A dor que nos impulsiona a expor o que já existe em nós que se acomoda sendo necessário um grão de areia para nos lembrar disto e como o próprio Rubens diz : "Não é preciso que seja uma dor doída… Por vezes a dor aparece como aquela coisa que tem o nome de curiosidade .  Estranho pensarmos assim mas faz todo sentido..

Cecília Sfalsin


Leia também

Sábias palavras de Rubens Alves ao nos revelar o segredo que fazem as ostras produzirem . Já me perguntei se é necessário a dor para nos ins...

29 comentários:

  1. Respostas
    1. Beth querida,

      Grata pelo carinho e atenção ..

      Beijos

      Excluir
  2. Querida Cecilia

    "Mas também já observei que meus melhores textos surgem nos meus piores dias, onde exponho toda minha raiva, dor, sentimentos ou indignações e deles surgem pérolas que até mesmo no meu intimo eu desconhecia"...concordo com você,a mim acontece-me o mesmo.

    beijos
    joana mendes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda Joana,

      Sinto isto, são nestes momentos ruins que produzimos, criamos, derramamos nossos sentimentos em poesias, textos, desabafos de sentimentos em forma de palavras...

      Beijos querida e obrigada pelo carinho

      Excluir
  3. Oi Cecília,
    A dor faz parte de nossas vidas, assim como um diamante que é lapidado, afim de que se torne uma joia rara e de valor inestimável.
    A dor faz parte de nossa evolução. Ela nos questiona e nos impulsiona a tomarmos atitudes.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Alcara,

      Difícil entender isto, mas é verdade o diamante só tem seu valor depois de lapidado, assim somos nós, os nossos valores , e como bem dito por você, faz parte da nossa evolução, do nosso crescimento e amadurecimento ...

      Abraços e obrigada sempre pela presença

      Excluir
  4. Ele fala da dor como fosse algo que nos provoca reação contra o que nos é estranho ou aquilo que nos faz mal.O ser humano é muito criativo nos momentos de dor e dificuldades, creio que porque seja então impulsionado pelo amor a si mesmo, aos outros...então, pode criar também nos momentos de paz e prazer, basta seguir o mesmo impulso.
    Estou começando a ler este livro ( e também mais dois..rs...um para cada momento. Meu livro de cabeceira é diferente do que levo a uma sala de espera ou leio na sala enquanto meu marido vê o futebol..rs..)Beijos e boa semana!
    Vera Alvarenga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Vera,

      Que delícia amiga, também estou lendo e adorando, a dor em si provoca uma reação, nos impulsiona, e nos alerta a agir em momento único, e nestas ações nos tornamos criadores de algo de valor, seja em poesias ou na vida , nossas pérolas , resultado da grande batalha interior. Tenho como exemplo uma mulher ao dar a luz, passa por dores que parece que o mundo vai acabar, mas quando os filhos se encontra nos braços o sorriso que vem traduz dor em alegria pela riqueza que adquiriu...

      Sou assim como você um livro de manhã outro a noite, lendo, e olha que dou conta, gosto muito de ler e apreciar estas metáforas da vida...

      Beijos minha amiga e me sinto honrada e feliz com sua presença aqui..

      Excluir
  5. Olá, Cecília!
    Também tenho essa dúvida dentro de mim, mas enquanto a resposta não chega, vamos escrevendo!kkkkk
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Rike,

      Verdade, e vamos que vamos sem respostas mas sempre inspirados não é mesmo?rsrsrs

      Beijos e obrigada

      Excluir
  6. Amiga Cecília, já pensei muito nisso a partir de uma frase que li há muito tempo, que dizia mais ou menos isso: Escritores felizes não criam grandes obras. Por desdobramento da questão, já presenciei pessoas que não moviam uma palha em favor de ninguém, indivíduos que viam somente o próprio umbigo, mas que a partir de tragédias pessoais, após momentos de grande dor, se modificaram; melhoraram, passando inclusive a se preocuparem com o semelhante.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Dilmar,

      Acredito nisto também, que a partir de certas situações somos impulsionados a ação, e isto nos faz melhores que somos, nos ensina a criar, planejar, viver , movidos pela dor, pelo grão de areia que outrora invadiu a nossa alma, nos despertando sempre ao que é novo ...

      Abraços amigo e muito obrigada pela presença

      Excluir
  7. Boa noite Cecilia,

    Embora ninguém goste de sofrer nem de cometer erros, é nestas alturas que se aprende mais, é através destes sentimentos que crescemos e que passamos a ver o mundo com outros olhos.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Laidy,

      Verdade amiga, o sofrimento é algo que desprezamos mas infelizmente não temos o poder de evitá lo mas sabemos que dele vem sim o crescimento que nos impulsiona a sermos melhores ...

      Beijos querida e obrigada

      Excluir
  8. Eu não gosto da dor nem do sofrimento mas já notei uma coisa: sempre que ouço as pessoas recordarem coisas do passado é dos momentos de dor e aflição que elas falam, que recordam. E os poetas cantam muito a dor. Se ao menos a gente fabricasse uma pérola por cada coisa ruim que nos acontece ...por cada sofrimento... eu já teria um colar kkkk
    O seu texto sim,é uma pérola, querida Cecília
    Beijinhos no coração
    Moçoila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrsrs, vou começa comentando o meio, acredito que nossos colares seriam enormes mediante a dor que passamos pela vida não é mesmo? rsrs, mas os poetas cantam a dor porque acredito ser ela a inspiração mais profunda n coração, onde a melodia dos sentimentos se transformam em palavras e são derramadas em versos , tem uma musica portuguesa que adoro e que você deve conhecer que diz assim : "Quem disse que no amor , não se sente dor, é mentira"(João Pedro Paes), portanto até pra amar sentimos dor, ufa...

      Adorei você miando aqui...Beijos e te gosto muito ta...:)

      Excluir
  9. è verdade; tem momentos que nas dificuldades é que produzimos melhor, claro que nem sempre, mas gostei do texto, nunca parei para pensar isso da perola, valeu cecilia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Dinamite,

      Concoredo que nem sempre, pois momentos bons também nos impulsiona, um coração alegre são combustíveis para a alma, mas em momentos de dores nos impulsiona a crescer e nos fortalecer mediante a vida...

      Abraços e muito obrigada por suas sábias palavras e presença..

      Excluir
  10. Cecilia, incrivel, voce tem razão. Acho que nao é so contigo. Até autores renomados já fizeram o melhor quando numa tremenda tristeza. Esquisito o motivo pelo qual a dor, a tristeza, a incerteza, as perdas, podem transformar as palavras de maneira tão intensas.

    A dor não é o que gostaríamos de sentir, mas algumas vezes é o que ensina. Nos erros, desde que desejamos acertar, é que acabamos vendo o que antes negávamos.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Sissym,

      As dores elas nos ensinam, nos impulsiona a sermos mais fortes e intensas em tudo que fizermos, é como se fosse um empurrão nos fazendo provar a nós mesmos que somos capazes e podemos crescer.

      Beijos minha amiga e uma excelente semana pra você

      Excluir
  11. Olá minha querida amiga Cecilia, boa noite!!!
    Minha amiga, isso faz muito sentido, talvez porque quando sentimos uma dor nos obrigue a pensar em uma outra coisa que preencha aquela falha, pois quando estamos em harmonia e felizes só pensamos em viver e mais nada... Belo texto minha amiga, adorei!!!
    Tenha um lindo e abençoado dia!!!
    Abraços com carinho e muita paz!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia meu amigo,

      Seu comentário traduz a postagem, é exatamente assim que penso...

      Abraços e obrigada pelo carinho e presença que me proporcionas sempre

      Excluir
  12. Olá Srta, lindo texto! É uma grande pérola a coragem de dizer sobre sentimentos tão elevados! Lindo blog, se permitir estarei retornando, abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ives,

      Seja bem vindo,

      Os nossos sentimentos já são reluzentes e valiosos não é mesmo?

      Adorei o carinho da sua presença e podes retornas sempre que quiser..as portas estarão abertas para lhe receber...
      Sejas bem vindo, e ja fui em teu Blog e amei tudo por la

      Abeaços

      Excluir
  13. às vezes me canso da força que coloco, instintivamente, nos meus sentimentos. Mas não sei ser de outro jeito, nem sei se digo infelizmente.

    Seu texto, lindo, puro sentir.
    Beijo!
    Bom feriado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Milena,

      Esta força talvez provenha dos seus momentos mais doloridos e ao mesmo tempo quase que ausente de si mesma...

      Beijos minha linda e um feriado delicioso pra você

      Excluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Olá Cecília, que linda reflexão. Realmente, quando pensamos nas mais belas letras de músicas ou em poemas, é comum que sejam sobre alguma dor ou sofrimento. Lá no Nordeste, mesmo, há um mito de que um pássaro chamado Assum-Preto canta mais bonito quando cego, assim, as pessoas furam-lhe os olhinhos a fim de ouvirem o canto belo e triste....Por que será que não podemos produzir nossas "pérolas" com a mesma intensidade estando felizes felizes?
    Beijos!!!
    Amanda Paz

    ResponderExcluir
  16. É aí que mora a beleza da melancolia. Pena que as produções são melhores quando estamos tristes...
    Beijos

    ResponderExcluir

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.