terça-feira, 17 de janeiro de 2012

# Minhas inspirações

Amor não se classifica

O primeiro amor a gente nunca esquece, acho meio sem lógica esta coisa de classificá- lo por ordem de chegada, sendo assim poderíamos dizer que o segundo, o terceiro também não, e seria uma classificação meio louca termos que contar quantas pessoas passaram em nossas vidas, apesar que muitos realmente tiveram o primeiro que se tornou único. Amor é amor e ponto, cada momento que o vivenciamos surgem sensações novas, que nos fazem sentir mais e mais que estamos prestes a nos apegar a alguém e cometer alguma insanidades, ou melhor anormalidades . Olhares se cruzam, coração acelera, pernas tremem, desejos surgem , sempre será assim quando nos apaixonamos por alguém, os sentimentos sempre vão se aflorar, o beijo será sempre inesquecível, os toques serão incontroláveis . O amor não se classifica, apenas damos margem aos sentimentos e confiamos num alguém que resolveu se permitir. o amor em si nunca é esquecido, prefiro dizer que as primeiras sensações nunca esquecemos, o primeiro beijo, o primeiro toque, ai sim são primeiros e deles surgem o segundo, terceiro e quantos você quiser além das saudosas lembranças daquela primeira pessoa que te despertou tais sensações. O amor tem o poder de renovação, sempre sera único em todos os momentos que abrirmos nossos coração e deixa- lo se manifestar.


Esta é minha opinião , e a sua?

Cecilia Sfalsin

18 comentários:

  1. Linda a definição!

    Adorei o blog, voltarei mais vezes. Já sigo.

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanda minha amiga,

      Que bom recebe la aqui,

      SejA SEMPRE BEM VINDA...

      Beijos

      Excluir
  2. Amor, paixão..... ou ilusão?

    O primeiro amor... quando a que realmente temos o primeiro amor? Quando a que verdadeiramente sentimos amor? Na primeira vez que temos vontade de beijar aquela menina que nos fez brilhar os olhos ao vê-la passar??

    Dar o nome de amor, só porque aquela menina a que nos fez sentir sensações dentro de nós, algo de novo?

    A primeira vez que vamos a escola, que vamos a discoteca, que somos nos a conduzir o carro, que damos o primeiro beijo, que fazemos pela primeira vez sexo, que sei lá, tantas coisas - a primeira vez é sempre diferente, não por ser melhor mas por ser uma experiência nova... Classificar o primeiro amor como sendo o que mais marca, talvez tenha uma certa lógica, não per ter sido o melhor, o mais sincero, o mais "tudo", mas porque fez-te conhecer algo que em ti nunca tinha antes acontecido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, gostei da sua forma de pensar, apesar que ainda tenho as minhas dúvidas, mas como você disse classifica lo com o mais tudo não seria a palavra certa mas como o início de tudo e que marcou as primeiras sensações seria mais exato....

      Abraços

      Excluir
  3. Querida amiga, que belo e instigante texto.O amor é o elixir que nos move, nos acalenta , nos torna poderosas e vivas.No coração não existe escala.Sempre é sensacional e único quando acontece.Bjs no coração Eloah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eloah,


      Prefeita definição a sua...só tenho que agradecer pela bela e linda interpretação...

      Beijos e obrigada

      Excluir
  4. Oi, Cecília! Concordo com você, acho que o amor é um sentimento muito maior do que um bem classificatório. Cada história é única, cada uma com suas belezas e decepções, algumas histórias com mais químicas ou afinidades, outras menos...Mas cada vez que o coração se entrega mudamos um pouquinho por dentro, de maneiras diferentes. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia,

      Acredito que o amor é renovação, sempre um novo recomeço....

      Beijos

      Excluir
  5. Por isso que é amor, Ceci... primeiro, ele é parece simples e belo, depois se complica e no fim "compreendemos"... esse processo faz parte e você "traduziu" a palavra! Lindo texto! Adorei... Abraços e tudo de bom! *-*"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Barbie,

      Amiga, agradeço seu comentário, e fico feliz que tenha gostado , sua definição ficou ótima...

      Beijos e obrigada

      Excluir
  6. Olá minha querida amiga Cecilia, boa noite!!!
    Minha amiga, senti sua falta ontem, que bom que voltou!!!
    Realmente minha amiga, essa classificação não tem nenhum sentido, digamos que a gente nunca esquece do amor verdadeiro, este fica cravado em nosso coração pela eternidade, já o primeiro amor, se a gente for olhar daqui para o passado, ele será o último... Amor não tem classificação de importância, será sempre único e perfeito...
    Valeu minha amiga, adorei o texto!!!
    Tenha uma linda e abençoada noite!!!
    Abraços com carinho e muita paz!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Edu,

      Acredito que o amor verdadeiro sempre será único quando vivido intensamente , não se classifica sentimentos e sim sensações assim penso....

      Meu amigo , grata pelo seu comentário...Abraços

      Excluir
  7. Que lindo Cecília!
    Amamos!
    Lindo poetizar,parabéns!
    Beijinhosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei MARIA,

      Que alegria tela por aqui, complementando este post com suas palavras lindas e verdadeiras...

      Beijos querida e sejas sempre bem vinda

      Excluir
  8. Oi, flor! Tem um selinho lá no meu blog pra você. Aceite com carinho.
    Bjs e sucesso!

    Mulher e Mãe: Solteira

    ResponderExcluir
  9. É como diz Osvaldo Montenegro - QUANDO A GENTE AMA SIMPLESMENTE AMA...
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malu, exatamente, sem complicação....

      Abraços amiga e obrigada

      Excluir

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Copyright

Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98 e violá-los é crime. Ao copiar textos atribua os créditos.