/
0 Comentários
Há alguns meses atrás pensei que a vida era bem assim, de uma forma súbita eu poderia extrair dela tudo que me fazia viver em um mundo escuro de sentimentos não correspondidos,pensava que pra ser feliz era necessário um caminhão de conquistas,e que as pessoas a minha volta eram egoísta e mentirosas.Sentimentos estes que surgiram através de decepções e traições.Foi quando em uma tarde despertei para a vida e fiz das palavras deste texto as minhas.


Vai menina, fecha os olhos. Solta os cabelos. Joga a vida. Como quem não tem o que perder. Como quem não aposta. Como quem brinca somente.
Vai, esquece do mundo. Molha os pés na poça. Mergulha no que te dá vontade. Que a vida não espera por você. Abraça o que te faz sorrir. Sonha que é de graça. Não espere. Promessas, vão e vem. Planos, se desfazem. Regras, você as dita. Palavras, o vento leva. Distância, só existe pra quem quer. Sonhos, se realizam, ou não. Os olhos se fecham um dia, pra sempre. E o que importa você sabe, menina. É o quão isso te faz sorrir. E só. (Caio Fernando Abreu) 

 Percebi que meus braços são fortes, que eu sou capaz e que posso abraçar tudo que me faça sorrir.E abracei o amor,é ele que me faz sorrir, que me encanta, e que me faz ver a vida de uma forma diferente....Eu hoje abraço todas a possibilidades que são me atribuídas simplesmente por acreditar que posso ser feliz ao lado de quem amo.

Cecilia sfalsin


Leia também

Há alguns meses atrás pensei que a vida era bem assim, de uma forma súbita eu poderia extrair dela tudo que me fazia viver em um mundo escur...

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

A fase mais gostosa de quem escreve é quando conhece a opinião de quem lê....Obrigada por suas palavras e sejas sempre bem vindo(a)....

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.